EscritArtes

Textos => Letras => : Leto of the Crows December 18, 2007, 19:29:16 PM



: Recordações
: Leto of the Crows December 18, 2007, 19:29:16 PM
Recordações

Cicatrizes, feridas por sarar,
Quem as não tem? Quem as não quer dar?
Em olhares, beijos, paixões,
Em segredos, as tristes recordações.

Todos as têm vendadas,
Adormecidas ou acordadas.
Guardadas em vitrais,
Belas caixas, cristais.

São elas de alegria ou tristeza,
De raiva ou cruel certeza,
De infortúnio, proibidos amores imortais,
Do nada que é tudo, do tudo que é demais.

Por revelar, reveladas,
Doces e mortais baladas,
Que embalam o desespero do ser
Que o acordam no cruel sofrer.

Raiadas, cravadas em ti
Com um brilho imperfeito de si,
Um brilho transcendente,
Só enfim, envolvente.

Infinitamente para lá do longe
De longínquas preces de monge,
Isto é, perto da Catedral Divina,
Sagrada recordação paladina!

Sempre ali, a olhar-nos, a perscrutar-nos, a tormenta de sonhos que nos sustentam. Umas mais intensas, outras nem tanto. Contudo, o valor de cada uma é mais que o outro por serem únicas. Diferentes na igualdade, diferentes na diferença… diferentes.
Em cada brilho que se reflecte no prisma do olhar, espelham-se milhares de recordações comprimidas na serenidade da luz, por vezes não tão serenas como se pensa, muito pelo contrário. Quando desejam são selvagens, indomáveis, consumindo-nos vorazmente, despedaçando-nos e colando-nos em perfeitos defeitos. São elas, três vezes belas, perfeitas, consagradas, eternas!
Nascem da infância inocente do descuido frágil das rosas, eternizam-se no clamor retumbante do saber dos anos… são marcas, estações onde o comboio parou para o embarque e desembarque de sentimentos.
E aqui, na vida unificada por cada um em sonhos, estão nítidas ou escondidas na penumbra que cerca uma alma angustiada em fortalezas cerradas, as recordações, as memórias, as reminiscências do Ser, presas incorruptamente por correntes de seda de um espírito eterno, num corpo efémero que irá perder a existência após o derradeiro e simples suspiro do fim.


: Re: Recordações
: MetalGod December 24, 2007, 12:48:00 PM
 :)


: Re: Recordações
: Goreti Dias June 29, 2008, 15:10:06 PM
As recordações são portadoras das mesmas sensações que os factos a darem-lhe origem!
Bj


: Re: Recordações
: Inês July 11, 2008, 21:59:58 PM
Amiga Leto
Te felicito por tão belas e lúcidas palavras retratando uma vida
e te digo mais, querida, onde pairam doces recordações
corre uma vida promissora e feliz de quem sabe cultivar
emoções e fortalecer sua teia sentimental.
Desaventurados contudo os que nada de bom têm que recordar...
Beijo na alma.


: Re: Recordações
: Leto of the Crows July 12, 2008, 12:28:09 PM
Amiga Leto
Te felicito por tão belas e lúcidas palavras retratando uma vida
e te digo mais, querida, onde pairam doces recordações
corre uma vida promissora e feliz de quem sabe cultivar
emoções e fortalecer sua teia sentimental.
Desaventurados contudo os que nada de bom têm que recordar...
Beijo na alma.


Palavras sábias são essas, inundadas em razão ^^

Beijos


Sorry, the copyright must be in the template.
Please notify this forum's administrator that this site is missing the copyright message for SMF so they can rectify the situation. Display of copyright is a legal requirement. For more information on this please visit the Simple Machines website.