EscritArtes

Textos => Poesias => Tópico iniciado por: Figas de Saint Pierre de em Abril 27, 2010, 21:15:56



Título: Quem sabe?
Enviado por: Figas de Saint Pierre de em Abril 27, 2010, 21:15:56
Minhas mãos vão tremer!
Minhas pernas cambalear!
De pé mal me aguentando!
Todo eu a fraquejar!
Todo eu fraquejando!

Quase que nem pensando
E já muito mal pensado!

Cada vez mais fracote,
e com dentes postiços,
como visão e audição postiça
ouvirei: "Coitado do velhote!"

Ficarei como um robô,
como pelo programador programado,
até que me acabem as pilhas
e me lancem à pilha,
para ser reciclado!

Depois?
bem, depois quem souber
que escreva o próximo capítulo,
que eu não fui autor do meu projecto
nem de aditamento sequer!
..........xxxxxxxxxxx................
Nota: Acho que já estou na fase do robô,
mas meus netos chamam-me avô!
----------xxxxxxxx----------
Figas


Título: Re: Quem sabe?
Enviado por: josé antonio em Abril 27, 2010, 21:54:24
Amigo Figas,

Com todo o respeito este texto nada tem de poesia, no meu humilde entendimento.
Perdoe-me a sinceriedade.
Abraço
José António


Título: Re: Quem sabe?
Enviado por: Figas de Saint Pierre de em Abril 28, 2010, 12:36:30
Ólá JA. Também eu não tenho a certeza de nada. Quem se achar, com  autoridade para definir graus poéticos, e dono do site, então que aja em conformidade. Por mim, não fico melindrado! Aqui só coloco o que me deixarem! No meus blogue "Conde das Bocas" ou no "Figariano" ponho o que quero!
FigasAbraço