EscritArtes

Fugas => Escrita Contínua => Tópico iniciado por: Eduarda em Julho 03, 2010, 16:47:02



Título: poesia
Enviado por: Eduarda em Julho 03, 2010, 16:47:02
SONHO

Partilho todos os poemas
Num sentido vivido em horas de calmaria.
São poemas cantados
Em murmúrios sem tempo
Sem imagens indefinidas
Sobrepostas em ombros a sonhar.
Partilho o eterno de cada
Com luzes reais
E amores irreais
É poema cantando
Numa inocente verdade
Num mar sem mistério.
E neste poema cheirando a sal
Vivo a aparência real
Do poema vivido em mim.

Eduarda


Título: Re: poesia
Enviado por: Goreti Dias em Julho 03, 2010, 17:15:00
Bem-vinda a este cantinho. Faça dela a sua casa. E mostre-nos mais trabalhos seus.


Título: Re: poesia
Enviado por: Eduarda em Julho 04, 2010, 10:42:08
goteridias,

Grata pelas palavras e outros trabalhos irão por certo aparecer.

bj


Título: Re: poesia
Enviado por: Oswaldo Eurico Rodrigues em Julho 18, 2010, 01:17:58
Oi, Eduarda...

Não havia lido esse. Gostei.

Beijos...


Título: Re: poesia
Enviado por: Goreti Dias em Julho 20, 2010, 06:42:58
Ficámos, contudo, sem saber se pretendia que fosse continuado...