EscritArtes

Textos => Letras => Tópico iniciado por: António Lóio em Abril 24, 2011, 20:35:01



Título: Não sei
Enviado por: António Lóio em Abril 24, 2011, 20:35:01
Não sei


Apagaram-se as luzes e de agora para a frente a escuridão guiará os meus passos no bosque em que a humidade macilenta atola os meus sentidos. Os gnomos em que tropeço são seres viscosos que se escondem no pântano da podridão onde jazem todos os seres abjectos que nunca deveriam ter nascido. Grito, mas os meus gritos já não calam as cigarras, talvez até já não consigam competir com o coro que os abutres ensaiam na carcassa exangue dum qualquer cervídeo. Ouço-me, mas a minha boca está fechada, os meus ouvidos surdos e os meus olhos velados. Tateio o meu corpo e nada encontro, sim, porque da matéria que eu fui, há séculos fizera uma sementeira perdida na infecundidade dos espíritos desencarnados! Talvez já tenha morrido, não sei! Algas pegajosas tolhem-me, iludem-me e por fim desencantam-me. Ao longe o canto das sereias é irresistível. Desloco-me  na imobilidade dum encanto que nunca alcanço em direcção a um infinito impalpável na sofreguidão dos esfomeados. Pelo caminho avisto os que se fartaram de tudo, os nababos sagrados de proeminentes bandulhos e deslizo num pavimento de mentes preversas e infâmes mentiras. Bombardeiam-me miríades de argumentos insuportáveis e ardilosas palavras.
Talvez me salve, não sei! Mas que interessa!


Tom


Título: Re: Não sei
Enviado por: Dionísio Dinis em Abril 24, 2011, 20:45:28
Por tudo o que se apresenta como execrável, vale a pena escrever em forma de arte e de grito de alerta.

Abraço sempre fraterno


Título: Re: Não sei
Enviado por: António Lóio em Abril 24, 2011, 21:17:39
Dionísio
Perdoem-me os puristas por esta incursão em searas alheias.
OObrigado pela tua apreciação
Abraço
Tom


Título: Re: Não sei
Enviado por: Goreti Dias em Abril 25, 2011, 00:15:58
Fazes bem em escrever aqui ou em outro lugar porque tens arte para tanto e para muito mais.
"avisto os que se fartaram de tudo, os nababos sagrados de proeminentes bandulhos e deslizo num pavimento de mentes preversas e infâmes mentiras." Acontece...
Beijo


Título: Re: Não sei
Enviado por: António Lóio em Abril 25, 2011, 14:09:43
Goreti
Como hei-de agradecer as tuas elogiosas palavras?
Sabes, que já consigo ser amorfo, não me direcionar para nada, nem para ninguém, sem segundos ou primeiros sentidos, sem nunca saber o fim...como a vida!
Só temos de nos descentralizar de nós próprios como "eixos do mundo" e olhar o que nos rodeia.
Beijo
Tom


Título: Re: Não sei
Enviado por: cduxa em Abril 25, 2011, 17:22:23
Tom


Respondo-lhe com palavras de Bernardo Soares:
 " Metafísico. Mas toda a vida é uma metafísica às escuras com um rumor de deuses e o desconhecimento da rota como única via."
pág. 432 - Livro do Desassossego


Título: Re: Não sei
Enviado por: António Lóio em Abril 25, 2011, 20:42:15
Cara Cândida
Do Sr Bernardo (Pessoa) e no mesmo livro. encontro a minha filosofia, que malfadadamente nem sempre sigo à lêtra. Aproveito para lhe agradecer o empenho com que lê os meus gatafunhos e que me lisonjeia.
" Para todos nós descerá a noite e chegará a diligência. Gozo a brisa que me dão e a alma que me deram para gozá-la, e não interrogo mais nem procuro."
Bj
Tom


Título: Re: Não sei
Enviado por: Conceição Constantino em Março 13, 2014, 20:54:14
Este texto é digno de um canto de sereia ;)


Título: Re: Não sei
Enviado por: António Lóio em Março 29, 2014, 21:29:09
Conceição
Obrigado por leres esta minha escrita, repescada!
Bj
Tom