EscritArtes

Geral => Apresentações => : António Casado December 11, 2013, 21:42:15 PM



: HOMOAFECTIVO 6
: António Casado December 11, 2013, 21:42:15 PM
António Casado_________ 22 Julho 2008


HOMOAFECTIVO
6


Grito mudo!

As folhas das árvores balbuciavam em uníssono
Leis antigas e amarelecidas…
Impunham aos dias que cruzavam comigo
Vontades próprias e
Doutrinas
Diferentes das minhas…

Os olhos do exterior mundo eram um farol atento
Às decisões:
Impunham preceitos
Direitos
Grilhões!
Redigiam o meu “eu” na retórica de discursos
Feitos à medida de uma moralidade retrógrada
Apresentavam como perfeitos
Modelos e razões sociais
Que cheguei a pensar fossem grandes ideais…
Por instantes acreditei
Que pudesse ser da estirpe de todos esses homens
Que cruzava nas tabernas e nos cafés
Suspirando pela felicidade entre um cerveja e um copo de vinho
Conscientes de que a grandeza da alma
Consistia em sermos todos iguais

De braço passado sobre o ombro da namorada
Enchiam o peito de vaidade…
(Alguns até foram meus…!)
Casamento e filhos
Eram o cúmulo da criatividade

Imbuído pela arrogância do mundo
Também amei como eles
Também procriei como eles
Também fui um homem sem originalidade

Às mulheres a quem me entreguei
Fi-lo convicto de que possuía o dom da paixão -
Amei-as
Com quanto amor pode sentir o coração -
Não menti!
Temporariamente ultrapassei os conflitos
Que entre imposições e gritos
Mutilavam a minha existência…
- Eu queria muito mais!

De novo aquela estranha e louca sensação
De um amar diferente e total
A arrepanhar-me a carne, os nervos e a gritar:
- Vai!
De novo aquele medo, aquele tédio
De ser julgado
De ser condenado
De nunca ser entendido…
De novo a frustração
De não ir…

Prendia o olhar nos rostos masculinos
Que me envolviam com olhos penetrantes…
Deixava a imaginação transportar-me
Para os lençóis de um desejo latente…
Mordia aqueles corpos musculados e firmes
Como uma fêmea com cio…
Entregava-me num sonho àqueles braços
Àqueles beijos
Àquele sexo
Ardente
Como ao mar se entrega um potente navio…

Procurava naqueles machos viris
A compreensão
A protecção
A segurança
O meu mundo!

De novo esta vontade
De lhes pertencer
De lhes dar tudo
O que o meu coração carente
O que o meu querer mudo
Guardava em si

De novo esta paixão
Que me deixava alucinado
Apaixonado
Perdido em mim!
Esta paixão imperatriz
Que me depunha a seus pés
Vassalo
De um desejo transcendente
De ser feliz!

Então fui…


Registado IGAC 4791/2011 10-10-11
Trabalho  AMOR IMPERFEITO


: Re: HOMOAFECTIVO 6
: Goreti Dias December 12, 2013, 18:14:24 PM
Uma pergunta: qual a razão pela qual coloca todos os seus textos em "apresentações"? O tópico "apresentações" é para se apresentarem. Temos "conto", "poesia"... dê uma vista de olhos pelo site. Assim, poderá publicar os textos segundo a sua classificação.


: Re: HOMOAFECTIVO 6
: Maria Gabriela de Sá March 29, 2014, 18:18:05 PM
Gosto muito de ler o António Casado


Sorry, the copyright must be in the template.
Please notify this forum's administrator that this site is missing the copyright message for SMF so they can rectify the situation. Display of copyright is a legal requirement. For more information on this please visit the Simple Machines website.