EscritArtes

Textos => Poesias => Tópico iniciado por: Dionísio Dinis em Fevereiro 03, 2017, 16:39:56



Título: Sem título(169)
Enviado por: Dionísio Dinis em Fevereiro 03, 2017, 16:39:56
Sem título(169)

Não dirás mais que imensidão se for difuso o que teu olhar alcance-
ainda que tudo seja pranto, aridez ou mar-
dirás que a ilusão de saberes
discernir entre bruma e claridade
é o teu logro permanente de entregares aos deuses
as coisas do teu mister,
a tua rota por entre desertos e oceanos de fontes...
tão só os teus dias emparedados entre sóis e brumas concordantes.

Assim, por essa via, ou por caminhos que descubras
como revelações líquidas ante o
medo de tentares outra sólida terra que não mar insondável,
poderás ousar cousa distinta daquilo que os homens temem e vencem,
ousarás poder ser sol por dentro de bruma e mar imerso em ti mesmo.

Em tudo o resto, que não é de somenos nem
tampouco o infinitamente grande, frui e sofre conforme tuas ânsias,
sejam elas plenas de mar claro ou feitas em brumas de estio árido.


Dionísio Dinis




Título: Re: Sem título(169)
Enviado por: Maria Gabriela de Sá em Fevereiro 04, 2017, 18:36:04
Passei por aqui e li as tuas ânsias de poeta comprometido com poemas sem título.

Hoje é um dia bom para ler poesia, para preencher vazios.

Tenho saudades do sol
Bjs


Título: Re: Sem título(169)
Enviado por: Nação Valente em Fevereiro 10, 2017, 15:38:52
Dentro do estilo a que nos habituou, mais um bom poema. Parabéns poeta.


Título: Re: Sem título(169)
Enviado por: Goreti Dias em Fevereiro 10, 2017, 18:43:44
Estilo e arte! Excelente!


Título: Re: Sem título(169)
Enviado por: carlossoares em Março 05, 2017, 18:34:14
Dionísio,

fixei-me em dois versos para refletir sobre o poema assertivo e sentencioso.
Estou convicto de que quem acreditou em Deus (se lhe faltar o crer) não tem mais em que acreditar (por falta de saber).
Abraço


Título: Re: Sem título(169)
Enviado por: gdec2001 em Abril 01, 2017, 14:38:21
Profundo e com sentido ,meu amigo.
abraço
geraldes


Título: Re: Sem título(169)
Enviado por: margarida em Maio 10, 2017, 07:33:48
Não é de fácil compreensão, mas vale a pena ler e reler até apreender um sentido digno do poema. Excelente!


Título: Re: Sem título(169)
Enviado por: Alice Santos em Abril 11, 2018, 16:31:50
Não direi mais que... Muito bom!


Título: Re: Sem título(169)
Enviado por: Dionísio Dinis em Outubro 31, 2019, 14:51:09
Eu direi que me sinto obrigado a dizer obrigado.


Título: Re: Sem título(169)
Enviado por: margarida em Novembro 11, 2019, 11:34:19
E cá estou de novo para apreciar. :yup:


Título: Re: Sem título(169)
Enviado por: Goreti Dias em Novembro 29, 2019, 18:38:56
Idem! Amei!