EscritArtes

Textos => Poesias => Tópico iniciado por: Figas de Saint Pierre de em Junho 27, 2019, 16:37:30



Título: IGNOMÍNIA
Enviado por: Figas de Saint Pierre de em Junho 27, 2019, 16:37:30
IGNOMÍNIA
Ignomínia ter nascido,
Vergonha de viver,
Para ter de mamar,
De comer, de caçar,
E logo dos caçados ter ou não pena,
Porque, se não caço sou caçado,
Comido, que se o for,
Outros por mim foram comidos!

Meus ouvidos,
Treinados para a compreensão,
Ouvem dizer que é a lei da vida;
Matar para não morrer!

Ignomínia da vida,
Ter nascido para matar,
Ter nascido para morrer,
Porém, pelo meio,
Querem que sintamos a alegria do sol,
O romantismo do luar,
As ternuras dos beijos,
O calor do amor,
Tudo isso,
Enquanto capaz de matar, para viver,
Enquanto a deuses oferecer o sacrifício dum beijo!

Ó ignomínia de nascer,
Da vergonha de viver,
De fazer de conta não ver,
Ao cordeiro, meu irmão da Natureza,
Dar-lhe um beijo,
Antes de o matar, para comer!

Onde fica a alegria do viver?
Onde a alegria do ter nascido?
No ver árvores a crescer,
Para a pureza do ar,
Ou ver alguém a abatê-las,
Para tudo queimar?
E sinto asco,
Por quererem que faça de herói,
Mas também de carrasco?

Ó ignomínia da Natureza;
uns para outros comer,
outros para serem comidos,
e todos para se comerem uns aos outros,
desde que nascidos!
...xxx..
Figas de Saint Pierre de Lá-Buraque
Vídeo-- https://youtu.be/2g807HVJgNc