EscritArtes

Textos => Poesias => Tópico iniciado por: Figas de Saint Pierre de em Agosto 20, 2019, 16:10:53



Título: POESIA SEM MEDIDA
Enviado por: Figas de Saint Pierre de em Agosto 20, 2019, 16:10:53
POESIA SEM MEDIDA
A Poesia não tem medida,
Porque feita com assimetria das rajadas dos ventos,
Com diferentes alturas das ondas,
Com misturados olhares,
Com diversas cores,
Com diversas paixões e amores,
Por poetas de tamanhos diversos,
Com diversos versos,
Por vezes amontoados em castelos,
Outras vezes oásis em desertos!

Não, poesia não tem medida,
Como passos do nosso andar,
Desde tempos de criança,
Como o diferente falar e escrever
Sem nada dizer!

A poesia é apenas como barco,
Feito de papel,
Fundeado em pequeno e sereno lago,
De papel a sua quilha,
Esperando uma rajada ou brisa,
Então, passa a ser poesia,
Porque já a navegar,
Ao largo, até onde chegar,
Antes de se afundar!
Antes que alguém a possa salvar!
Com respiração boca a boca,
E talvez, quem sabe?
A poesia lhe dê um beijo,
Molhado, de tanto vogar,
Até ao seu leitor salvador chegar!
….xx….
Autor: Figas de Saint Pierre de Lá-Buraque
(Silvino Figueiredo)