EscritArtes

Textos => Letras => Tópico iniciado por: Paulo Afonso em Outubro 05, 2007, 17:10:33



Título: Um Tal...Dia!
Enviado por: Paulo Afonso em Outubro 05, 2007, 17:10:33
O dia acordou triste e chorou, as suas lágrimas molharam os transeuntes do mundo que fugiram para um abrigo próximo só com a preocupação de se protegerem.
Ninguém questionou, porque o dia acordou triste e chorou…
O dia solitário conseguiu erguer um pequeno sorriso e abrilhantou a vida dos transeuntes que depressa saíram dos seus abrigos com mais energia e alegria.
E ninguém agradeceu aquele bonito sorriso…
O dia morreu!
Enchendo de luto o mundo e ninguém percebeu que o dia tinha dado tanto sem pedir um pouco…
Ainda assim, o dia renasceu com mais força, voltou a morrer… a renascer e a morrer sem que ninguém desse conta…


Título: Re: Um Tal...Dia!
Enviado por: Goreti Dias em Outubro 05, 2007, 20:10:26
E assim será por todos os tempos... O tempo que nada espera também não espera por nós... tudo segue o seu rumo...
Um abraço de parabéns pela excelência de texto!


Título: Re: Um Tal...Dia!
Enviado por: Dionísio Dinis em Outubro 05, 2007, 22:21:05
Exemplar como mensagem, tocante como escrita eivada de sentimento e beleza!


Título: Re: Um Tal...Dia!
Enviado por: Mel de Carvalho em Novembro 02, 2007, 21:07:34
Um tal dia ... descobri que escreves mais que poesia. Encosto-me na cadeira do tempo lento e vou pedir ao dia que ai vem, que amortalha a noite na luz da madrugada, que me faça o favor de te conduzir por esta estrada e por aqui permaneço e agradeço.

Bjs Paulo, gostei muitoooo
Mel