EscritArtes
Setembro 19, 2019, 04:37:38 *
Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão
Notícias: 8.¬™ Colect√Ęnea - 8.¬ļ Anivers√°rio Escritartes
http://www.escritartes.com/forum/index.php/topic,36064.0.html
 
   Início   Fórum Ajuda Entrar Registe-se   *
Páginas: [1] 2 3 ... 10
 1 
 em: Setembro 17, 2019, 21:27:23  
Iniciado por carlossoares - Última mensagem por carlossoares

Dói não poder
ficar no poema
como se fica num tempo
inexplic√°vel
como uma paisagem
com que se depara
nos prende
como numa viagem
que ainda não é de regresso
como uma janela se abre
ou como a chave
de que n√£o vemos a porta
ou como a porta
de que n√£o vemos a pris√£o.

 2 
 em: Setembro 05, 2019, 18:42:29  
Iniciado por CAMPISTA CABRAL - Última mensagem por CAMPISTA CABRAL
Ol√° para todos!
Mais uma cr√īnica nova no canal! Pais e Filhos!
Nessa conturbada relação em que acertos e erros vão construindo caminhos e descaminhos, o que importa de verdade é olhar para o outro...

Acessem! Compartilhem! Inscrevam-se!

https://www.youtube.com/watch?v=UJ-XddA80ws&t=119s

 3 
 em: Agosto 30, 2019, 19:33:44  
Iniciado por CAMPISTA CABRAL - Última mensagem por CAMPISTA CABRAL
Ol√° para todos! Venham conhecer o canal! Toda quinta uma cr√īnica especial!

Aproveitar o dia é aproveitar de verdade a vida plenamente! Quantos de nós não conseguem aproveitar, de fato, o dia?

https://www.youtube.com/watch?v=S-EPt9SyBKk&t=25s

Acesse! Compartilhe! Inscreva-se no canal!

 4 
 em: Agosto 30, 2019, 19:30:42  
Iniciado por CAMPISTA CABRAL - Última mensagem por CAMPISTA CABRAL
Ol√° Carlos!

Muito obrigado pelo acesso! Ainda bem que temos a literatura como uma forma de escapar desse caos e de tanta desumanidade!

Grande abraço!!

 5 
 em: Agosto 28, 2019, 13:59:26  
Iniciado por CAMPISTA CABRAL - Última mensagem por carlossoares
Acabo de assistir ao seu vídeo. Extraordinário! Parabéns! Deixa-me a sensação de que, embora haja imensos livros e bibliotecas, o mais importante ainda está por ler ou escrever. Uma parte da sabedoria estará em resistir à tentação de pretender ler tudo ou escrever tudo. Cada vez mais me contento com ler e ouvir, em cada momento (como neste em que assisti ao vídeo) aquilo que faz sentido, dentro do quadro de sentidos que a vida permite.
Sem d√ļvida, a literatura √© o caminho, apesar de ser o caminho mais desamparado e mais solit√°rio. Mas √© o caminho por onde todos podem seguir, se quiserem, basta saber escrever, nem √© preciso saber escrever de certo modo, porque a literatura √© aquilo que cada um quiser escrever. Este direito e esta liberdade, que eu saiba, s√≥ existe na literatura. At√© os cientistas e os fil√≥sofos e os engenheiros e os m√©dicos, e os artistas, em geral, incluindo os pol√≠ticos, deviam perceber (muitos percebem e sabem muito bem) que a literatura √© o reino em que cada um pode ser rei, o para√≠so em que cada um pode deus, o inferno em que cada um pode ser dem√≥nio, o mundo em que cada um pode ser s√°bio. √Č o maior desafio intelectual, e n√£o s√≥, porque os seus dom√≠nios n√£o conhecem limites que n√£o sejam os da criatividade, conhecimento, sabedoria, arte, de cada um.

 6 
 em: Agosto 28, 2019, 00:05:32  
Iniciado por CAMPISTA CABRAL - Última mensagem por CAMPISTA CABRAL
A literatura é o caminho, a palavra é a estrada, a escrita o sentido... No meio da grita geral e da selvageria, escrever é resistir...

https://www.youtube.com/watch?v=xdRIfuIZmlk&t=21s

Acesse o canal! Inscreva-se! Compartilhe!

 7 
 em: Agosto 26, 2019, 20:50:17  
Iniciado por Figas de Saint Pierre de - Última mensagem por Figas de Saint Pierre de
NO ENTANTO
No início,
disseram-me que o mundo era redondo,
depois, mais tarde,
acrescentaram que era um pouco achatado nos pólos,
e só mais tarde,
é que descobri que
com tanto conhecimento
os homens o tornam quadrado!

O conhecimento é como a água,
que se bebe em pequenos goles!

√Č como fogo, que por pequeno se toma,
mas depois grande como a Amazónia!

No entanto,
continuam a dizer que o mundo é redondo,
com floresta que na Amazónia desaparece,
mas com selva que nas cidades cresce!

Talvez mais achatado nos pólos,
cada vez mais chato!
...xxx...
Figas de Saint Pierre de L√°-Buraque

 8 
 em: Agosto 20, 2019, 16:10:53  
Iniciado por Figas de Saint Pierre de - Última mensagem por Figas de Saint Pierre de
POESIA SEM MEDIDA
A Poesia n√£o tem medida,
Porque feita com assimetria das rajadas dos ventos,
Com diferentes alturas das ondas,
Com misturados olhares,
Com diversas cores,
Com diversas paix√Ķes e amores,
Por poetas de tamanhos diversos,
Com diversos versos,
Por vezes amontoados em castelos,
Outras vezes o√°sis em desertos!

N√£o, poesia n√£o tem medida,
Como passos do nosso andar,
Desde tempos de criança,
Como o diferente falar e escrever
Sem nada dizer!

A poesia é apenas como barco,
Feito de papel,
Fundeado em pequeno e sereno lago,
De papel a sua quilha,
Esperando uma rajada ou brisa,
Ent√£o, passa a ser poesia,
Porque j√° a navegar,
Ao largo, até onde chegar,
Antes de se afundar!
Antes que alguém a possa salvar!
Com respiração boca a boca,
E talvez, quem sabe?
A poesia lhe dê um beijo,
Molhado, de tanto vogar,
Até ao seu leitor salvador chegar!
….xx….
Autor: Figas de Saint Pierre de L√°-Buraque
(Silvino Figueiredo)

 9 
 em: Agosto 18, 2019, 15:39:52  
Iniciado por gdec2001 - Última mensagem por gdec2001


CANTA


Canta, canta, canta
poeta-eu-só
mas n√£o sozinho
que para o ser
seria necess√°rio haver
quem neste redemoinho
 pudesse nos servir
de companhia .

Canta
Canta com alegria
pois só tu és a luz
que vai na frente
e atr√°s
à noite
noite e  dia
e nos conduz.

Canta poeta canta
canta este mundo calado
que  n√£o est√° aqui
nem ali
nem noutro lado.

E que te n√£o conhece
nem se conhece
porque precisa
ó precisa
 ser acordado.

Neste mundo, poeta
h√° muitas maravilhas
tu sabes.

As das altas montanhas
com enormes ravinas
e encostas empinadas
onde pasteja o gado.

E vales profundos
cheios de grossos rios
com pétalas esmeraldas
e furta-cores nadantes
que os nossos olhos
contemplam
expectantes .

E a mítica montanha
 onde se encontra escondida
a chave que nos abrir√°
o segredo da vida .

L√° onde ocidente n√£o h√°
porque todos se mostram
e est√£o
virados para a luz.
 
Aí está .

Mas há também
as enormes planícies
em que viceja o verde
e o gado também pasta.
E o gado
quando é gado fero
 pasta e mata.

E as planícies-florestas
em que se n√£o voarmos
sendo mesmo de dia
só encontraremos sombra.
A sombra em que se ensombra
a nossa valentia.

E as planícies geladas
com pequenas clareiras
de sangue.
De sangue
 da cor
do teu vestido
ó minha amada.

Canta poeta canta
canta também o mar

O mar é o mais grande
o mar é o maior
o mar nos submerge
no seu
interior.

O mar é o final
l√° longe
no longe
do pensamento .

E as ondas do mar
nos deixam suspenso
um grande momento.

No mar navegamos
e bebemos sol
mudamos de cor
e o preto é branco
e o branco é preto
tal como no amor.

Embriagados de sol
morremos no mar
com todo o furor
declamando loucos
que somos só dele
nosso rei-senhor.

E ent√£o se no mar
buscarmos o fundo
o fundo do fundo
que é já outro mundo

Um mundo em que a vida
n√£o nasce do ar
mas da luz
que luz
e flameja
e espirra
do interior .

Deixemos o fundo
que infunde terror
voltemos ao cimo
em que o temor
do terror
quando h√°
é menor.

√Č um terror nosso
mui familiar
que podemos até
recordar à noite
se houver
luar.

Os mortos que morrem
no mar
estendidos na areia
permitem até
na morte pensar.

E j√° que fal√°mos
na lua
em luar
os mortos  na areia
repousam ali
a meditar.

Depois h√° as praias
que se enchem de gente
a rir a brincar
ou mesmo mui quedo
a ficar.

E o sol que é traquina
como um menininho
que n√£o pode estar
parado 
vê na nossa pele
um belo brinquedo
e cria uma célula
e outra e outra
cada vez mais louca
para experimentar.


E tudo isto
na minha cabeça
cantado.

Cantando
calado.




Geraldes De Carvalho

 10 
 em: Agosto 16, 2019, 20:21:31  
Iniciado por gdec2001 - Última mensagem por gdec2001


A minha onda

Eu estava chorando
-fingindo-
na borda do mar
e veio uma onda
para me consolar.

Rolou-me enrolou-me.
Com seu marulhar
levou-me para cima
e eu fiquei a olhar.

Vi montes e vales
cidades e vilas
e tudo a brilhar.
E disse-me a onda
a onda do mar:

Tudo te darei.
Apenas precisas
de me amar
melhor: Me adorar.

Julgas que sou deus
para me tentar.

Ela riu para mim
e com graça tanta
que um riso também
me subiu à garganta.

Eu estava a brincar
disse ela.
Só queria saber
se estavas disposto
a rir e amar.

Pois n√£o
eu lhe disse :
Para isso estou pronto
desde que nasci.

Volta ent√£o aqui.

E ali fui eu.
Mergulhei na onda.
Ela me envolveu.

E hoje j√° n√£o sei
se ainda sou eu
ou n√£o sou
ou quem serei...

Geraldes de Carvalho  [
/b] 

Páginas: [1] 2 3 ... 10
Parcerias
Buffering...Buffering...

O seu destaque aqui...
Recentemente
[Setembro 17, 2019, 21:27:23 ]

[Setembro 05, 2019, 18:42:29 ]

[Agosto 30, 2019, 19:33:44 ]

[Agosto 30, 2019, 19:30:42 ]

[Agosto 26, 2019, 20:50:17 ]

[Agosto 20, 2019, 16:10:53 ]

[Agosto 18, 2019, 15:39:52 ]

[Agosto 16, 2019, 20:21:31 ]

[Agosto 16, 2019, 17:10:24 ]

[Agosto 16, 2019, 17:07:22 ]
Membros
Total de Membros: 791
Ultimo: Bruna Brunelleshi
Estatísticas
Total de Mensagens: 127939
Total de Tópicos: 26215
Online hoje: 200
Máximo Online: 630
(Março 31, 2019, 09:49:42 )
Utilizadores Online
Users: 0
Convidados: 160
Total: 160
Últimas 30 mensagens:
Julho 29, 2019, 22:55:56
Olá para todos! Boas histórias e boas escritas!
Julho 02, 2019, 07:05:22
Bom dia!
Junho 28, 2019, 14:37:28
Boa tarde. Hoje, apeteceu-me saudar todos os que aqui tentam p√īr arte na pena. Figasabra√ßo
Maio 18, 2019, 19:22:13
Ol√°! Boa leitura e boa escrita para todos!
Maio 01, 2019, 17:26:47
Boa escrita e boa leitura para todos!
Março 30, 2019, 10:37:35
Boas leituras e boas escritas para todos!
Janeiro 27, 2019, 19:36:43
Boa noite feliz para todos.
Janeiro 11, 2019, 09:21:27
Ol√° para todos!
Dezembro 24, 2018, 21:55:27
Boas Festas.
Novembro 03, 2018, 14:19:38
Claro que sim, Mateus. Vamos lá puxar pelos neurónios?
Novembro 01, 2018, 18:36:27
Ol√° para todos!
Novembro 01, 2018, 15:51:21
A ideia com que fiquei em conversas, era a de que se pretendia fazer, uma sequela do "esfaqueador". Agora estou baralhado.
Outubro 31, 2018, 18:31:48
Temos um tópico em aberto "sem título". Podem entrar. A ideia é fazer algo ao jeito do Esfaqueador da Régua. Estão convidados!
Setembro 12, 2018, 14:34:00
Esfaqueador da Régua, aqui nascido, terá o seu lançamento na Feira do livro do Porto, dia 21 de Setembro.
Julho 04, 2018, 13:54:05
Bom dia.
Março 01, 2018, 20:26:58
Boa noite!
Dezembro 30, 2017, 21:19:00
Ol√°, amigos do Escritartes!
Dezembro 27, 2017, 09:04:13
Boas Festas!
Dezembro 21, 2017, 10:51:56
Ol√° para todos! Desde j√°, um feliz natal e um 2018 de novas escritas!
Novembro 11, 2017, 17:23:12
Boa tarde a todos! Votos de muita inspiração na nobre arte da escrita.
Outubro 25, 2017, 10:20:24
Meu bom dia a todos!
Julho 18, 2017, 20:17:24
Ol√° para todos! Boas escritas!
Abril 11, 2017, 14:47:44
Boa tarde a todos
Abril 01, 2017, 20:52:08
Boa noite e um bom fim de semana para todos vocês.
Abril 01, 2017, 20:52:05
Boa noite e um bom fim de semana para todos vocês.
Fevereiro 22, 2017, 07:23:30
Bom dia!
Dezembro 24, 2016, 22:23:10
Boas Festas para todos os que por aqui navegam.
Dezembro 24, 2016, 11:32:23
Desejos de Bom Natal, PAZ, Amor e uns trocados. FigasAbraço a todos
Setembro 08, 2016, 19:38:09
J√° est√° publicada a lista final de autores para a colet√Ęnea - 129
Logos
Buffering...

Firefox 2 xspf player AJAX powered Powered by MySQL 5 Powered by PHP 5 Powered by HoneyPot project Hacker Trap
CSS Valid CSS 2.0 Valid RSS 1.0 Valid RSS 2.0 Valid XHTML Valid
Powered by SMF 1.1.20 | SMF © 2006-2007, Simple Machines
TinyPortal v0.9.8 © Bloc
Página criada em 0.136 segundos com 24 procedimentos.