EscritArtes
Fevereiro 08, 2016, 16:47:50 *
Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão
Notícias: 8.ª Colectânea - 8.º Aniversário Escritartes
http://www.escritartes.com/forum/index.php/topic,36064.0.html
 
  Início   Fórum   Ajuda Entrar Registe-se   *
Páginas: [1]   Ir para o fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: Bodas de prata  (Lida 2495 vezes)
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
O Verso Vicia
Membro
***
Offline Offline

Mensagens: 177
Convidados: 0



« em: Janeiro 26, 2009, 19:10:24 »

− Bom dia! − Diz-lhe ela num bocejo
(de robe e de rolos no cabelo
e mais uns vinte ganchos a prendê-lo)
no meio dum sonoro gargarejo.

− B..Dia! − Mal responde atarantado
o homem de pijama descomposto,
passando preguiçoso a mão no rosto,
a barba por fazer e desolhado.

Arrasta os chinelos pelo chão,
enfrenta no espelho a cara dela,
a pele já flácida, amarela,
e ele com uma cara de morcão.

− Ó filho − tenta ela, com meiguice,
fazer-lhe a pergunta angustiada.
− A ti o dia de hoje não diz nada?
Não digas que esqueceste. Que chatice!

E ele, já prevendo um raspanete,
atrasa a resposta habilidoso.
Deixá-la assim nervosa dá-lhe gozo.
− Ó filha, chega aí um cotonete.

Que raio de pergunta! A esta hora
está meio a dormir, meio acordado,
a barba meia feita e atrasado
e ela quer resposta sem demora.

− Claro que me lembro − titubeia.
Mas logo contra ataca confiante:
− E tu, minha querida, minha amante,
se tu não te lembrares és muito feia.

Mostrando-lhe uma cara de chocada,
levando pesarosa a mão ao peito,
inventa com os olhos um trejeito,
a boca escancarada não diz nada.

Depois abre o robe devagar…
desvenda um 50 mal pintado,
com restos de batom avermelhado,
na pele que já teve outro ar.

− Surpresa! – Diz com amplo sorriso.
E avança para ele decidida,
o robe já lhe cai, bem atrevida,
mulher tão descarada e sem juízo.

E ele só recua, atarantado,
tropeça no tapete, quase cai,
Encosta-se à parede, grita um Ai!
e fica encolhido, amedrontado.

Avança para ele o pesadelo
e quando esta visão já o aperta,
acorda, dá um salto e desperta,
num banho de suor a envolvê-lo.

Consegue acalmar-se mais um pouco,
depois olha pró lado angustiado,
suspira de alívio, descansado,
pois tudo não passou de um sonho louco.

O medo de esquecer aquela data
até o pouco sono lhe roubou.
Agora, bem desperto, já pensou
surpresa para dar à sua amada.

Desliza pela cama sorrateiro,
gatinha pelo chão como criança.
Que sorte este sonho dar lembrança
dum gesto inusitado, tão porreiro.

Procura entre estojos de pinturas
um lápis para os olhos ou batom.
Pensando eu sou o máximo, eu sou bom,
desenha um 25 entre gorduras.

Regressa para a cama sorridente,
acorda com um beijo a mulher.
− Bom dia, minha querida, tás a ver?
Pergunta ele inchado de contente.

E entre dois bocejos ela vê
aquele 25 desenhado
e ele num sorriso escancarado.
E ela ainda sem saber porquê.

Por fim vem-lhe à cabeça a lembrança
da data que celebram neste dia.
Então ele lembrou-se, quem diria?
Nem tudo está perdido. Haja esperança.

Festeja-se mais um aniversário
de forma subtil e com ternuras.
Apaga-se a luz e às escuras
arranca-se outra folha ao calendário.
Registado
Goreti Dias
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 17953
Convidados: 992



WWW
« Responder #1 em: Janeiro 26, 2009, 20:14:20 »

Se ele se lembrou, nada mal...
Gostei muito deste texto! Divertido quanto baste!
Abraço
Registado

Goretidias

 Todos os textos registados no IGAC sob o número: 358/2009 e 4659/2010
Goreti Dias
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 17953
Convidados: 992



WWW
« Responder #2 em: Janeiro 26, 2009, 20:55:27 »

Assim, as bodas de prata viram bodas de carvão...
Registado
O Verso Vicia
Membro
***
Offline Offline

Mensagens: 177
Convidados: 0



« Responder #3 em: Janeiro 26, 2009, 22:53:14 »

Caro Júlio, o senso de humor é uma das minhas características que tento preservar a todo o custo. Há dias dizia que eu era o mais brasileiro dos poetas deste site. Meu pai foi um dos portugueses que emigrou para o Rio de Janeiro (me deixando para trás) e, pela influência carioca, tinha um sentido de humor fora do normal. Eu acho, que com efeitos retroactivos, herdei dele o sentido de humor.
Quanto à humildade franciscana, eu já confessei que escrevo por vaidade.

Um abraço e um chopp.
Registado
Páginas: [1]   Ir para o topo
  Imprimir  
 
Ir para:  

Parcerias
Buffering...Buffering...

O seu destaque aqui...
Recentemente
[Fevereiro 07, 2016, 16:15:26 ]

[Fevereiro 06, 2016, 20:03:53 ]

[Fevereiro 04, 2016, 21:46:17 ]

[Fevereiro 04, 2016, 13:12:26 ]

[Janeiro 30, 2016, 13:49:58 ]

[Janeiro 29, 2016, 00:05:34 ]

[Janeiro 28, 2016, 22:52:20 ]

[Janeiro 27, 2016, 13:19:18 ]

[Janeiro 27, 2016, 13:12:05 ]

[Janeiro 23, 2016, 19:54:35 ]
Membros
Total de Membros: 768
Ultimo: MC
Estatísticas
Total de Mensagens: 125369
Total de Tópicos: 25506
Online hoje: 73
Máximo Online: 368
(Novembro 05, 2009, 22:05:48 )
Utilizadores Online
Users: 0
Convidados: 108
Total: 108
Últimas 30 mensagens:
Fevereiro 01, 2016, 21:16:09
Boas leituras e melhores escritas
Fevereiro 01, 2016, 21:16:08
Boas leituras e melhores escritas
Fevereiro 01, 2016, 21:15:36
Boa noite a todos
Janeiro 23, 2016, 19:55:03
Boa noite a todos
Janeiro 19, 2016, 17:13:16
Boa tarde. Smiley
Janeiro 08, 2016, 21:14:02
As primeiras 10 gravações estão na página inicial, na playlist e os vídeos estão no Quadro "Virtual 2D e 3 D" pela ordem de gravação
Janeiro 07, 2016, 21:21:52
Clicar no link para ouvirem e verem todos os vídeos das poesias gravadas para a rádio.
Janeiro 05, 2016, 18:50:30
Olá para todos! Feliz 2016! Palavras e sonhos, sorriso e poesia!
Janeiro 05, 2016, 17:49:20
Vídeos das gravações da rádio no quadro Virtual 3D e 2D
Janeiro 02, 2016, 17:18:26
Já podem ouvir as novas gravações enviadas para as rádios. Podem dar autorização para novas gravações (quem ainda não deu)
Janeiro 01, 2016, 22:07:44
Olá. 2016  Já chegou! Tratem-no bem. Embalem-no até 31/12. depois abram o champanhe. TCHIM TCHIM, Bom Ano. FigasRgds a todos
Dezembro 14, 2015, 13:26:57
Boa tarde a todos, de momento o esfaqueador anda a monte... Vamos apanhá-lo na próxima leitura?
Novembro 29, 2015, 07:23:34
Bom domingo|
Novembro 14, 2015, 18:37:06
Boa tarde. Vamos lá ver se ninfas do Douro dar-me-ão o sopro da criatividade de que tanto preciso para levar a bom porto a narrativa...
Novembro 02, 2015, 15:18:22
Amanhã talvez já saia algo....
Outubro 25, 2015, 18:56:29
Boa noite a todos!
 
Outubro 13, 2015, 14:51:42
reportagem do 8.º aniversário
Outubro 05, 2015, 09:09:22
Bom dia, Manuela!
Outubro 05, 2015, 09:08:44
Bom dia, Manoela!
Setembro 28, 2015, 20:03:10
Boa noite!
Setembro 08, 2015, 12:42:53
Amanhã será publicada a lista dos selecionados!
Setembro 04, 2015, 17:05:59
Atenção caros escritores, recepção de textos para a colectânea só até ao próximo domingo, dia 6 de setembro.
Impreterivelmente!
Setembro 03, 2015, 07:18:32
Bom dia! O prazo para o envio de textos para a coletânea termina dia 6. Dado o elevado número de participações deste ano, o prazo não será alargado afim de se poder concluir atempadamente a seleção. Não se demorem!
Agosto 29, 2015, 13:16:27
Agosto 26, 2015, 21:55:10
Olá amigos! Estou a tentar vasculhar o baú dos meus recentes escritos. Não está fácil recuperar coisa alguma...
Agosto 25, 2015, 13:03:03
Até dia 6, pois então!
Agosto 24, 2015, 13:18:49
Pensava que era até dia 6!!!
Logos
Buffering...

Firefox 2 xspf player AJAX powered Powered by MySQL 5 Powered by PHP 5 Powered by HoneyPot project Hacker Trap
CSS Valid CSS 2.0 Valid RSS 1.0 Valid RSS 2.0 Valid XHTML Valid
Powered by SMF 1.1.20 | SMF © 2006-2007, Simple Machines
TinyPortal v0.9.8 © Bloc
Página criada em 1.351 segundos com 30 procedimentos.