EscritArtes
Novembro 18, 2018, 16:41:25 *
Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão
Notícias: 8.¬™ Colect√Ęnea - 8.¬ļ Anivers√°rio Escritartes
http://www.escritartes.com/forum/index.php/topic,36064.0.html
 
  Início   Fórum   Ajuda Entrar Registe-se   *
Páginas: [1]   Ir para o fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: P√°ssaros  (Lida 2674 vezes)
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Mel de Carvalho
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 1660
Convidados: 0


"abra√ßa o conte√ļdo e n√£o a forma" Saint-Exupery


WWW
« em: Junho 12, 2011, 18:18:09 »


Chegaram quatro dias antes da tempestade. Traziam sangue colado nos bicos e as asas algo incertas nas plumagens conhecidas. Voaram em c√≠rculos horas a fio at√© atinarem com os ninhos, e, ainda assim, incr√©dulos, acercaram-se ao de leve. Aos poucos foram tomando no√ß√£o de territ√≥rio at√© que deixamos de os ver. Fronteiri√ßos, os arrozais, tomavam conta do que antes fora terra de p√£o e alvoradas. Como se p√°ssaros fossem, iguais, as abelhas, sem mestra √† vista, voavam sobre os bot√Ķes carnudos dos maracuj√°s aveludando o ar num murm√ļrio calmo. Depois, como que impulsionados por qualquer for√ßa desconhecida, os zunidos tornaram-se mais largos, mas estridentes,  e o ar tomou a cor dos voos crepusculares.

Foi quando os avieiros pressentiram a eros√£o das horas gastas na revela√ß√£o de ocupa√ß√Ķes palaf√≠ticas √† cota do rio. R√°pidos, recolheram os barcos e as redes. A mulher voltou ao cais, uma e outra vez, todas quantas as necess√°rias para resgatar os utens√≠lios necess√°rios √† faina do dia depois. Na orla do rio as palmeiras feridas deram de verdascar as ins√≥nias das crian√ßas que, sendo ainda ao olhar,  o foram ontem. Cada ruga a desmentir o registo inventado de nascimento. No tronco comum dos palheiros, as constru√ß√Ķes mar√≠timas autoportantes gemiam baixinho em l√°grimas salubres o sobressalto das cheias anunciadas. O lodo atascava-lhes os p√©s e os estrados da madeira corcomidos vergavam sobre as estacas.

Brumosa e vaga, a curva do rio, cravava-lhe farpas, insidiosa, a norte da casa do guarda-rio e a sul da v√°rzea. A marejar-lhe as p√°lpebras, Helena ouviu o motor a afastar-se, at√© que, apenas um foco, parecia ainda falar-lhe, no pont√£o, do lugar da atracagem.  A noite tomou-se de chuva, na urg√™ncia de lavar os junquilhos das margens. Os peixes, em cardumes √† cor da prata,  procuraram o dormit√≥rio de sempre num pneu velho, semelhante ao corti√ßo das obreiras. Um candeeiro sem vidro a emparelhar com outro de igual estado iluminava os desperd√≠cios de um colete salva-vidas que n√£o havia cumprido a fun√ß√£o. As palafitas imagin√°rias, qui√ß√° do per√≠odo neol√≠tico, ora vazias,  anunciam carne aos condores.

No dia seguinte √† tempestade os maracuj√°s tinham retomado todas as cores ros√°ceas e os p√°ssaros fru√≠am do brilho lavado de azeviche. Ningu√©m na vila falou da disputa entre a vida e morte  - existem palavras que s√£o proibidas √†s gentes das lez√≠rias.

Da luta ou do fruto, do sangue ou sil√™ncio, a mulher sugou-os  num ritual  s√≥ dela, audaciosa e lenta,  entre os l√°bios, como o fruto do maracuj√°. Aos caro√ßos,  recolhidos entre a polpa dos dedos, nas m√£os em concha (a mesma donde ele bebera o gume das suas √°guas ),  dependurou-os enxameados no galho despido de uma √°rvore.   Depois tomou-se de uma p√° e escavou um buraco at√© ao n√≠vel da √°gua.

Dizem os antigos que por ali jazem os ossos sagrados. No seu lugar agora, uma capela a que devotou a trança fulva do seu cabelo... Diz quem sabe, ser a da Senhora de Alcamé.


tag: contos.do.fant√°stico
Registado

Mel de Carvalho
www.noitedemel.blogs.sapo.pt
www.noitedemel.blogspot.com (apenas prosa)

Mais sobre mim: http://www.escritartes.com/forum/index.php?page=20
____
MT.ATEN√á√ÉO: C√ďPIAS TOTAIS OU PARCIAIS EM BLOGS OU AFINS S√ď C/AUTORIZA√á√ÉO EXPRESSA
Goreti Dias
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 18330
Convidados: 994



WWW
« Responder #1 em: Julho 18, 2011, 18:01:52 »

Proibido deveria ser não apreciar este fantástico conto! Muitíssimo bom!
bj
Registado

Goretidias

 Todos os textos registados no IGAC sob o n√ļmero: 358/2009 e 4659/2010
helenacosta
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 2257
Convidados: 0



« Responder #2 em: Novembro 03, 2013, 22:33:36 »

  Imagens maravilhosas relatadas neste conto!
Registado
Maria Gabriela de S√°
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 801
Convidados: 0



« Responder #3 em: Novembro 04, 2013, 00:58:07 »

√Č  dos escombros que nasce muitas vezes a melhor literatura... Assim como estes p√°ssaros,  √† procura do para√≠so perdido,  por entre o zumbido das abelhas e  o cheiro do maracuj√°, embalados por mais uma lenda da mesma  da Senhora...

Gostei, voltarei a ler, com certeza

Rafaela PL√°cido
Registado

Dizem de mim que talvez valha a pena conhecer-me.
helenacosta
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 2257
Convidados: 0



« Responder #4 em: Novembro 09, 2013, 23:50:23 »

  Relendo.
Registado
gdec2001
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 2032
Convidados: 0



« Responder #5 em: Agosto 23, 2014, 22:42:56 »

Um conto denso como a própria vida que retrata .
geraldes
Registado

Geraldes de Carvalho
http://gdecseeufossfosse-gdec.blogspot.pt
          -este √© meu blog-
Oswaldo Eurico Rodrigues
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5985
Convidados: 0


Amo a Literatura e as artes.


« Responder #6 em: Agosto 25, 2014, 01:41:23 »

Intenso!
Registado

Oswaldo Eurico Rodrigues


Escrevo também nos sites Recanto das Letras (www.recantodasletras.com.br)
Maria Gabriela de S√°
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 801
Convidados: 0



« Responder #7 em: Outubro 31, 2018, 21:33:10 »

Bonito!.... estes p√°ssaros.

Parabéns
Registado
Goreti Dias
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 18330
Convidados: 994



WWW
« Responder #8 em: Novembro 01, 2018, 13:55:57 »

Que saudades desta autora! Quer dizer, dos seus textos. Que a ela ainda a encontro.
Registado
Oswaldo Eurico Rodrigues
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5985
Convidados: 0


Amo a Literatura e as artes.


« Responder #9 em: Novembro 02, 2018, 04:50:09 »

Verdade, Goreti. Também gosto muito do texto da Mel. Ela, assim como outros, desapareceu.
Registado
Páginas: [1]   Ir para o topo
  Imprimir  
 
Ir para:  

Parcerias
Buffering...Buffering...

O seu destaque aqui...
Recentemente
[Novembro 17, 2018, 18:48:35 ]

[Novembro 17, 2018, 08:14:20 ]

[Novembro 11, 2018, 19:40:37 ]

[Novembro 11, 2018, 09:30:20 ]

[Novembro 11, 2018, 06:48:39 ]

[Novembro 10, 2018, 13:40:36 ]

[Novembro 09, 2018, 00:28:19 ]

[Novembro 09, 2018, 00:16:43 ]

[Novembro 08, 2018, 22:23:36 ]

[Novembro 08, 2018, 15:03:03 ]
Membros
Total de Membros: 791
Ultimo: Bruna Brunelleshi
Estatísticas
Total de Mensagens: 127580
Total de Tópicos: 26033
Online hoje: 290
Máximo Online: 421
(Novembro 15, 2018, 03:33:53 )
Utilizadores Online
Users: 0
Convidados: 148
Total: 148
Últimas 30 mensagens:
Novembro 03, 2018, 14:19:38
Claro que sim, Mateus. Vamos lá puxar pelos neurónios?
Novembro 01, 2018, 18:36:27
Ol√° para todos!
Novembro 01, 2018, 15:51:21
A ideia com que fiquei em conversas, era a de que se pretendia fazer, uma sequela do "esfaqueador". Agora estou baralhado.
Outubro 31, 2018, 18:31:48
Temos um tópico em aberto "sem título". Podem entrar. A ideia é fazer algo ao jeito do Esfaqueador da Régua. Estão convidados!
Setembro 12, 2018, 14:34:00
Esfaqueador da Régua, aqui nascido, terá o seu lançamento na Feira do livro do Porto, dia 21 de Setembro.
Julho 04, 2018, 13:54:05
Bom dia.
Março 01, 2018, 20:26:58
Boa noite!
Dezembro 30, 2017, 21:19:00
Ol√°, amigos do Escritartes!
Dezembro 27, 2017, 09:04:13
Boas Festas!
Dezembro 21, 2017, 10:51:56
Ol√° para todos! Desde j√°, um feliz natal e um 2018 de novas escritas!
Novembro 11, 2017, 17:23:12
Boa tarde a todos! Votos de muita inspiração na nobre arte da escrita.
Outubro 25, 2017, 10:20:24
Meu bom dia a todos!
Julho 18, 2017, 20:17:24
Ol√° para todos! Boas escritas!
Abril 11, 2017, 14:47:44
Boa tarde a todos
Abril 01, 2017, 20:52:08
Boa noite e um bom fim de semana para todos vocês.
Abril 01, 2017, 20:52:05
Boa noite e um bom fim de semana para todos vocês.
Fevereiro 22, 2017, 07:23:30
Bom dia!
Dezembro 24, 2016, 22:23:10
Boas Festas para todos os que por aqui navegam.
Dezembro 24, 2016, 11:32:23
Desejos de Bom Natal, PAZ, Amor e uns trocados. FigasAbraço a todos
Setembro 08, 2016, 19:38:09
J√° est√° publicada a lista final de autores para a colet√Ęnea - 129
Setembro 07, 2016, 20:57:46
Boa noite a todos.
Setembro 06, 2016, 18:31:36
Boa tarde a todos
Setembro 01, 2016, 15:26:02
OL√Ā!!!
Agosto 24, 2016, 05:49:47
Bom dia a todos
Agosto 04, 2016, 08:39:17
bom dia a todos
Julho 08, 2016, 18:22:38
Olá, Alice e Nação Valente!
Junho 13, 2016, 12:51:19
Em fase final de seleção de textos para a rádio. Inscreva-se!
Maio 30, 2016, 16:17:57
Apagamos o pdf, Nelson.
Maio 30, 2016, 16:13:58
Nelson, vamos apagar a sua resposta pois exp√īs os seus dados publicamente. Essa ficha deve ser mandada por mail para administracaoescritartes@gmail.com
Logos
Buffering...

Firefox 2 xspf player AJAX powered Powered by MySQL 5 Powered by PHP 5 Powered by HoneyPot project Hacker Trap
CSS Valid CSS 2.0 Valid RSS 1.0 Valid RSS 2.0 Valid XHTML Valid
Powered by SMF 1.1.20 | SMF © 2006-2007, Simple Machines
TinyPortal v0.9.8 © Bloc
Página criada em 0.139 segundos com 28 procedimentos.