EscritArtes
Dezembro 02, 2021, 04:11:19 *
Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão
Notícias: Regulamento do site
http://www.escritartes.com/forum/index.php/topic,9145.0.html
 
  Início   Fórum   Ajuda Entrar Registe-se   *
Páginas: [1]   Ir para o fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: conto de Natal  (Lida 5930 vezes)
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Goreti Dias
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 18540
Convidados: 994



WWW
« em: Dezembro 03, 2012, 21:17:50 »

A neve pinta de branco as planícies e as montanhas. Os campos de erva tenra deram lugar a um manto fofo onde as crianças brincam jogando pedaços do que parece ser algodão doce uns aos outros. Fazem bonecos de neve com cenouras retiradas do alguidar que repousa na cozinha à espera de entrarem na panela com as batatas, as couves e o bacalhau.
- João, porque será que eu não gosto muito de bacalhau e hoje apetece-me comer um bom pedaço?- pergunta a Margarida, entre correrias.
- Pois… será porque é véspera de Natal?
Continuam as brincadeiras. Um gorro repousa no cocuruto do boneco, um cachecol envolve-lhe o pescoço suavemente. Riem a bandeiras despregadas quando o vêem sem olhos e boca:
- Ó João, com que fazemos os olhos e a boca?
- Não sei… duas batatas para os olhos? Outra para a boca?
Voltam à cozinha, correndo pelo pátio e assustando as galinhas que se recolheram, friorentas, na capoeira. Até os coelhos, medrosos, espreitam a algazarra.
Terminado o boneco, aproxima-se já a noite. O sol que espreitou durante o dia, já desapareceu no alto das montanhas.
O frio aumenta à medida que o vento sopra cada vez mais forte. Numa caverna abrigada na encosta, um focinho branco confunde-se com a neve que a rodeia. O bafo morno faz caracóis no ar gélido. Gemidos fracos ouvem-se ao fundo do esconderijo. Uma e outra vez. Uma e mais outra, sempre, mas cada vez mais débeis.
A loba esfaimada cheira o ar em seu redor, trémula e ansiosa. Não come há muitos dias e quase não tem leite para amamentar as suas crias. Um olhar feroz planta-se-lhe no focinho. Uma tenacidade felinamente perigosa arroja-a colina abaixo. A sua fome e a certeza da fome dos seus filhos impelem os seus passos a caminho do povoado, da planície onde espera encontrar a comida que escasseia nos bosques despidos da montanha coberta de branco. Todos os animais se esconderam nas tocas, nada bole à superfície. A fome aperta. Nunca se aventurou até à povoação. Mas há sempre uma primeira vez.
A noite chega com seu manto negro, mas o seu pelo branco reluz mais do que a lua e as estrelas. Na atmosfera, paira o cheiro de rabanadas, das filhós e sopas secas, da aletria e arroz doce. Mas isso não lhe importa. Tão pouco o bacalhau cozido com as batatas que os humanos veneram nesta noite. Segue no rasto de outros cheiros. Segue sempre…
Atravessa um pátio, a algazarra das crianças assusta-a, mas não pode parar. As suas crias esperam-na, cheias de fome. Apura o cheiro, dá mais uns passos. As galinhas desatam num cacarejo ensurdecedor.
- João, espreita aí no pátio porque fazem tanto barulho as galinhas. Não posso deixar agora o fogão e o teu pai está no banho – grita a mãe da cozinha
João, um pouco temeroso acerca-se da porta. Entreabre-a e vê uma silhueta mais branca que a neve, destacando-se do branco do chão.
- Mas é um lobo! – pensa com ele mesmo.
Um focinho volta-se na sua direcção, uns olhos tristes, pedindo compaixão. João continua pregado ao chão sem dizer uma palavra. Não se mexe, não fala…
A loba acerca-se da capoeira, passa à coelheira, força a rede que a separa dos coelhos e arrebata o mais gordo de todos. O que estava destinado ao almoço de Natal do dia seguinte. Luzidio e pesado… Volta os olhos para o rapaz que continua a observar a cena, incapaz de abrir a boca e chamar por ajuda.
João volta a fechar a porta:
- Não vejo nada, mãe…
E pensa para si mesmo:
- A minha mãe arranja outra comida, a loba decerto não tinha o que comer, devia ter fome… deixá-la! Também é Natal para ela. E, quem sabe, para os seus filhinhos… A minha mãe também era capaz de fazer o mesmo para me dar de comer!
Correu a abraçar a mãe:
- Amo-te muito minha mãe! Feliz Natal!
- Eu também te amo muito, meu amor maior. Feliz Natal!
Registado

Goretidias

 Todos os textos registados no IGAC sob o número: 358/2009 e 4659/2010
helenacosta
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 2257
Convidados: 0



« Responder #1 em: Dezembro 09, 2012, 23:38:20 »

 Um belíssimo conto de Natal! Quanta TERNURA e quanto AMOR. Este mundo seria bem diferente se todos pensassem e procedessem como o João.

 FELIZ NATAL!
Registado
Alice Santos
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 1141
Convidados: 0


De mãos dadas pela poesia.


« Responder #2 em: Dezembro 10, 2012, 09:43:57 »

É verdade, helenacosta, é um excelente conto de Natal.
É um daqueles bons textos  a que a Goreti já nos habituou.
Como tudo seria diferente se...
 Smiley
Registado
Goreti Dias
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 18540
Convidados: 994



WWW
« Responder #3 em: Dezembro 11, 2012, 14:30:58 »

Helena, Alice, o meu obrigada. Escrevi este conto para ser lido numa escola em Gaia. Os alunos gostaram dele. Ao que vejo, vocês também. Beijo para vocês.
Registado
Nação Valente
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Mensagens: 1162
Convidados: 0


outono


« Responder #4 em: Dezembro 14, 2012, 16:17:42 »

Eu ou talvez a criança que há em mim também gostou.

Bom fim de semana
Registado
josé antonio
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 5837
Convidados: 0


escrever é um acto de partilha


« Responder #5 em: Dezembro 14, 2012, 20:58:03 »

Goreti,
Mesmo cinzento como ando, gostei do conto, pela sua qualidade habitual de narrativa que possui.
Abraço
JA
Registado
betimartins
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 597
Convidados: 0


Apenas amo a poesia


WWW
« Responder #6 em: Dezembro 14, 2012, 23:25:57 »

Lendo este maravilhoso conto eu ainda acho que ainda existe milagres no Natal, enquanto existir amor no coração de quem os escreve. Terno, repleto de amor e um excelente senso de partilha. Bjs
Registado

Betimartins
Goreti Dias
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 18540
Convidados: 994



WWW
« Responder #7 em: Dezembro 28, 2012, 20:33:25 »

Bem haja a quem aprecia coisa tão simples. Preenchi-o de doçura.
Registado
Alice Santos
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 1141
Convidados: 0


De mãos dadas pela poesia.


« Responder #8 em: Janeiro 13, 2013, 01:12:38 »

E fizeste tu muito bem. Nós somos gulosos... Sobretudo gostamos de bela escrita.
Beijinhos
Registado
Goreti Dias
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 18540
Convidados: 994



WWW
« Responder #9 em: Agosto 27, 2014, 13:36:35 »

Obrigada. bj
Registado
Páginas: [1]   Ir para o topo
  Imprimir  
 
Ir para:  

Recentemente
[Novembro 28, 2021, 00:28:59 ]

[Novembro 27, 2021, 23:09:39 ]

[Novembro 24, 2021, 19:23:18 ]

[Novembro 24, 2021, 14:54:25 ]

[Novembro 24, 2021, 14:50:11 ]

[Novembro 24, 2021, 14:47:03 ]

[Novembro 24, 2021, 14:43:33 ]

[Novembro 24, 2021, 14:39:08 ]

[Novembro 24, 2021, 14:35:56 ]

[Novembro 24, 2021, 14:31:22 ]
Membros
Total de Membros: 792
Ultimo: Leonardrox
Estatísticas
Total de Mensagens: 129529
Total de Tópicos: 26531
Online hoje: 100
Máximo Online: 630
(Março 31, 2019, 09:49:42 )
Utilizadores Online
Users: 0
Convidados: 205
Total: 205
Últimas 30 mensagens:
Outubro 14, 2021, 00:43:39
Obrigado, Administração, por avisar!
Setembro 14, 2021, 10:50:24
Bom dia. O site vai migrar para outra plataforma no dia 23 deste mês de setembro. Aconselha-se as pessoas a fazerem cópias de algum material que não tenham guardado em meios pessoais. Não está previsto perder-se nada, mas poderá acontecer. Obrigada.

Maio 10, 2021, 20:44:46
Boa noite feliz para todos
Maio 07, 2021, 15:30:47
Olá! Boas leituras e boas escritas!
Abril 12, 2021, 19:05:45
Boa noite a todos.
Abril 04, 2021, 17:43:19
Bom domingo para todos.
Março 29, 2021, 18:06:30
Boa semana para todos.
Março 27, 2021, 16:58:55
Boa tarde a todos.
Março 25, 2021, 20:24:17
Boia noite para todos.
Março 22, 2021, 20:50:10
Boa noite feliz para todos.
Março 17, 2021, 15:04:15
Boa tarde a todos.
Março 16, 2021, 12:35:25
Olá para todos!
Março 13, 2021, 17:52:36
Olá para todos!
Março 10, 2021, 20:33:13
Boa feliz noite para todos.
Março 05, 2021, 20:17:07
Bom fim de semana para todos
Março 04, 2021, 20:58:41
Boa quinta para todos.
Março 03, 2021, 19:28:19
Boa noite para todos.
Março 02, 2021, 20:10:50
Boa noite feliz para todos.
Fevereiro 28, 2021, 17:12:44
Bom domingo para todos.
Fevereiro 26, 2021, 21:31:48
Bom fim de semana para tod@s.
Fevereiro 25, 2021, 20:52:03
Boa noite a todos.
Fevereiro 24, 2021, 20:43:45
Boa noite a todos.
Fevereiro 22, 2021, 16:46:56
Uma boa semana para todos.
Fevereiro 22, 2021, 16:43:41
Sejam muito bem vind@s
Fevereiro 22, 2021, 16:41:57
Boa tarde a todos.
Fevereiro 18, 2021, 20:52:07
Boa noite a todos.
Fevereiro 17, 2021, 19:09:25
Boa quarta para todos.
Fevereiro 16, 2021, 19:10:20
Boa noite a todos os presentes.
Fevereiro 15, 2021, 14:54:45
Boa semana para todos.
Fevereiro 14, 2021, 15:29:30
Bom domingo para todos.
Powered by MySQL 5 Powered by PHP 5 CSS Valid
Powered by SMF 1.1.20 | SMF © 2006-2007, Simple Machines
TinyPortal v0.9.8 © Bloc
Página criada em 0.123 segundos com 28 procedimentos.