EscritArtes
Abril 12, 2021, 06:03:45 *
Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão
Notícias: Regulamento do site
http://www.escritartes.com/forum/index.php/topic,9145.0.html
 
  Início   Fórum   Ajuda Entrar Registe-se   *
Páginas: [1]   Ir para o fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: Palavras de amor  (Lida 2642 vezes)
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
carlossoares
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 2768
Convidados: 0



WWW
« em: Agosto 29, 2015, 00:23:58 »

Escrevo à viva força
que as palavras não me obedecem
e sem eu querer por vezes
florescem
bem mais do que confio
que frutos dessem

O poema acaba sempre por ser
o que não quero
uma verdade
mas
que não me agrada
uma palavra que
para desespero
se atravessa
e quebra a toada

O poema fica
sempre fora de mim
a fazer-me sentir
prisioneiro
da própria liberdade
o mundo não é
lugar recomendável
para quem sonha

Há inquietação até
na alegria
como se não houvesse
inocência
nem nos sacrifícios
para deixar de ser
atormentado
pelo mundo demónio
e carne

Quando me abandonaram
senti que estava finalmente
livre
mas não supus
nem imaginei
sequer por um momento
que estivesse
só
com o silêncio dos meus passos
numa visão irreversível
do mundo vazio
sem ti.

« Última modificação: Setembro 03, 2015, 21:54:46 por carlossoares » Registado

Carlos Ricardo Soares
Dionísio Dinis
Moderador Global
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 9776
Convidados: 0



WWW
« Responder #1 em: Agosto 29, 2015, 13:15:13 »

A exterioridade da palavra, afirma-se no percurso criativo do poeta enquanto maximizador dos interiores, secretos e evidentes, da poética superior. Assim, o poema é canção e estilização do verso. Assim, o leitor flana pelo olimpo!
Registado

Pensar amar-te, é ter o acto na palavra e o coração no corpo inteiro.
http://www.escritartes.com/forum/index.php
Goreti Dias
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 18540
Convidados: 994



WWW
« Responder #2 em: Agosto 30, 2015, 18:31:30 »

Pelo meio da contradição, sem contradição alguma! Excelente!
Registado

Goretidias

 Todos os textos registados no IGAC sob o número: 358/2009 e 4659/2010
carlossoares
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 2768
Convidados: 0



WWW
« Responder #3 em: Setembro 01, 2015, 16:14:59 »

Dionísio
e
Goreti,

não são só as cartas de amor que são ridículas.
Fernando Pessoa não quis esmiuçar um tema que, sintomaticamente, abominava, mas que é merecedor de científica atenção.
De há muito que a retórica do amor, as palavras de amor, os gestos de amor, os rituais de amor, na realidade, podem ser o seu maior inimigo. Amar pode ser um estado de guerra (mais ou menos dissimulado, profundo e impossível de pacificar com panaceias) para muita gente.
No amor pode estar tudo em causa, a verdade e a visão da pessoa. Por isso o amor pode ser tão "mau". Por isso o amor pode ser avassalador. E "tinham de ser" os poetas a dizê-lo, os poetas a quem não escapam as formas de emulação e de manipulação.
Mas, abominada a retórica do amor (tão sacrificado), a publicidade e o marketing e as manobras de sedução vão ter de molestar, assediar (com inocência e ingenuidade) por outros flancos.
A simbologia do amor tornou-se uma saturação inútil (ainda é perniciosa?) de arquétipos enganadores em que ninguém se revê e só alguém muito distraído neles se imagina saudável.
A retórica da solidão, todavia, não está melhor, e também tem associado o estigma e o aceno de alguma panaceia artificial.
Isto faz-me voltar ao Fernando Pessoa e perguntar se ele "fingia a si mesmo" ter encontrado uma saída do beco.
Registado
Goreti Dias
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 18540
Convidados: 994



WWW
« Responder #4 em: Setembro 01, 2015, 18:40:02 »

Mas não há beco algum. O amor por mais ridículo (aparelhando com as formas de o escrever) é um lugar onde nos "metemos" de bom grado (apesar de o amaldiçoarmos depois rsrsr). Sem saída? Não, isso é que não. Sai-se quando se quer. Portanto, nem é preciso ter o trabalho de fingir. Ui! mas isto é só retórica rsrrsrs
Registado
Dionísio Dinis
Moderador Global
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 9776
Convidados: 0



WWW
« Responder #5 em: Setembro 01, 2015, 19:31:47 »

Bem, o amor não existe de facto... A teorização do ridículo no amor, é apenas a incompetência versus apetência especulativa do orador que tem a forma, por verso ou reverso, do amor sem saber que também pode ser fulcro e alavanca da renúncia e apoteose do próprio amor. A ascese como atitude de estilo e fundamento do discurso poético-amoroso pode dar-nos bastas vezes francos olhares para a abordagem do discurso literário. E mais ainda poderão contrapor.
Registado
helenacosta
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 2257
Convidados: 0



« Responder #6 em: Outubro 01, 2015, 20:32:47 »

   Deliciosas "palavras de amor"!
Registado
Oswaldo Eurico Rodrigues
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 6125
Convidados: 0


Amo a Literatura e as artes.


« Responder #7 em: Outubro 05, 2015, 09:07:12 »

O amor é tão grande sentimento que gera inúmeras definições e expressões.
Registado

Oswaldo Eurico Rodrigues


Escrevo também nos sites Recanto das Letras (www.recantodasletras.com.br)
carlossoares
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 2768
Convidados: 0



WWW
« Responder #8 em: Dezembro 08, 2015, 23:35:13 »

Oswaldo,

o amor desarma a nossa aritmética da vida, mas não nos deixa à mercê do tribunal dos homens. Um grande abraço.
Registado
Dionísio Dinis
Moderador Global
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 9776
Convidados: 0



WWW
« Responder #9 em: Março 04, 2021, 20:57:58 »

Relendo com gosto.
Registado
Páginas: [1]   Ir para o topo
  Imprimir  
 
Ir para:  

Recentemente
[Abril 11, 2021, 20:55:34 ]

[Abril 11, 2021, 20:21:04 ]

[Abril 11, 2021, 19:19:12 ]

[Abril 07, 2021, 20:39:30 ]

[Abril 05, 2021, 16:13:33 ]

[Abril 05, 2021, 11:40:58 ]

[Abril 04, 2021, 17:37:02 ]

[Abril 04, 2021, 14:36:10 ]

[Abril 02, 2021, 19:16:27 ]

[Abril 01, 2021, 23:46:43 ]
Membros
Total de Membros: 792
Ultimo: Leonardrox
Estatísticas
Total de Mensagens: 129339
Total de Tópicos: 26487
Online hoje: 276
Máximo Online: 630
(Março 31, 2019, 09:49:42 )
Utilizadores Online
Users: 0
Convidados: 282
Total: 282
Últimas 30 mensagens:
Abril 04, 2021, 17:43:19
Bom domingo para todos.
Março 29, 2021, 18:06:30
Boa semana para todos.
Março 27, 2021, 16:58:55
Boa tarde a todos.
Março 25, 2021, 20:24:17
Boia noite para todos.
Março 22, 2021, 20:50:10
Boa noite feliz para todos.
Março 17, 2021, 15:04:15
Boa tarde a todos.
Março 16, 2021, 12:35:25
Olá para todos!
Março 13, 2021, 17:52:36
Olá para todos!
Março 10, 2021, 20:33:13
Boa feliz noite para todos.
Março 05, 2021, 20:17:07
Bom fim de semana para todos
Março 04, 2021, 20:58:41
Boa quinta para todos.
Março 03, 2021, 19:28:19
Boa noite para todos.
Março 02, 2021, 20:10:50
Boa noite feliz para todos.
Fevereiro 28, 2021, 17:12:44
Bom domingo para todos.
Fevereiro 26, 2021, 21:31:48
Bom fim de semana para tod@s.
Fevereiro 25, 2021, 20:52:03
Boa noite a todos.
Fevereiro 24, 2021, 20:43:45
Boa noite a todos.
Fevereiro 22, 2021, 16:46:56
Uma boa semana para todos.
Fevereiro 22, 2021, 16:43:41
Sejam muito bem vind@s
Fevereiro 22, 2021, 16:41:57
Boa tarde a todos.
Fevereiro 18, 2021, 20:52:07
Boa noite a todos.
Fevereiro 17, 2021, 19:09:25
Boa quarta para todos.
Fevereiro 16, 2021, 19:10:20
Boa noite a todos os presentes.
Fevereiro 15, 2021, 14:54:45
Boa semana para todos.
Fevereiro 14, 2021, 15:29:30
Bom domingo para todos.
Fevereiro 13, 2021, 18:43:03
Boa noite  e boas escritas.
Fevereiro 13, 2021, 16:07:55
Bom sábado para todos.
Fevereiro 12, 2021, 15:10:54
Boa sexta para todos.
Fevereiro 11, 2021, 18:15:43
Boa noite a todos os presentes e aos outros também.
Fevereiro 10, 2021, 17:37:17
Boa tarde a todos.
Powered by MySQL 5 Powered by PHP 5 CSS Valid
Powered by SMF 1.1.20 | SMF © 2006-2007, Simple Machines
TinyPortal v0.9.8 © Bloc
Página criada em 0.228 segundos com 28 procedimentos.