EscritArtes
Janeiro 26, 2021, 11:46:25 *
Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão
Notícias: Regulamento do site
http://www.escritartes.com/forum/index.php/topic,9145.0.html
 
  Início   Fórum   Ajuda Entrar Registe-se   *
Páginas: [1]   Ir para o fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: Caça às nuvens  (Lida 2825 vezes)
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Maria Gabriela de Sá
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 997
Convidados: 0



« em: Dezembro 05, 2016, 14:12:02 »

          Todos os anos é a mesma coisa, uma overdose. Logo em Outubro, chegam as belas meninas à publicidade da TV, meio despidas, meio vestidas, segundo a "Teoria do Copo a Meio". Mas, não vêm só. Pela mão, trazem os belos meninos, também em modo praia e férias de verão, mostrando os tabletes peitorais, que, em modo provocação, sugerem a compra do que anunciam, perfumes.
          Entre perfumes masculinos e perfumes feminismos, acantonados em frascos ousados e sensuais, não sei quantos haverá. De Paris a Nova Iorque, de Londres a Hong Kong, de Milão à Tailândia, os perfumes devem rondar os mil, sei lá: Dior, Givanchy, Chanel, Carolina Herrera, Paco Rabanne, J’Adore, Dolce e Gabana…
          Para já, não me lembro de mais nenhum. Também não importa. Por mim, os perfumes podiam ser todos despejados numa sanita qualquer, que eu não teria qualquer pena. Não os compro, nem os uso.
          Apesar de ter sido toda a vida um vidrinho de cheiro, a quem sempre foi difícil contentar, antigamente não era assim. Dona de um nariz de cão, mas, mesmo assim, com gosto por perfumes, apreciava, de algum modo, os cheiros para os homens por os achar menos doces.
          Sabendo disso, os meus amigos, no tempo em que ainda havia algum dinheiro para prendas de aniversário e de Natal, de vez em quando, lá me davam um frasquinho. E eu doseava-o frugalmente ao longo de um ano. A ponto de ele resistir até ao evento festivo seguinte, quando sempre haveria a hipótese de receber um novo vidrinho.

(Com excepção de uma época, em que um dos meus sobrinhos, então com seis anos, vendo o frasco vazio por desleixo dos meus amigos, tenha resolvido acrescentá-lo com água) …
          Depois, tudo mudou. Para pior. Se a vesícula, nos meus tempos de menina e moça, ainda se comportava com alguma tolerância a alguns perfumes, quando a tiróide resolveu avariar, mancomunaram-se as duas, dispostas a fazer-me baixar ao hospital só com a simples passagem na rua de uma mulher enfrascada de Carolina Herrera, Chanel Cinco ou idêntica fragrância.

          Desde essa altura, o meu nariz perdeu too o glamour do mundo dos perfumes, empregando a nova aptidão na descoberta se a sopa tem sal, se o bacalhau está demolhado, se os vizinhos vão comer esparguete, ou batatas fritas, cujo odor seja capaz de perfurar os tijolos para se infiltrar nas minhas narinas.

          (Por tudo isto, sei há muito por que nunca consegui ler o livro de Patrik Süskind, tenho tido medo da tal overdose e de ir parar ao hospital com anosmia permanente…)
          Lembrei-me de escrever sobre isto depois de mais uma insónia, quando transformei a noite em dia e matutei em biliões de coisas a olhar para a televisão e vendo o dia clarear, enquanto filosofava sobre grande parte dos meus “indiferentes”. Ou, pelo menos, mais um, os doces.
          Com as meninas e os meninos da publicidade da TV, no mesmo tempo, são os Ambrósios e as senhoras, os “mons chéries”, os tabletes e açúcares em geral que se apresentam com se apresentam no quartel os mancebos para a recruta da época.

          (desculpem mas eu não individualizo os mancebos das mancebas com é moda agora).

          E eu, que me pelo por um salgadinho, um presuntinho, uma boa feijoada, ainda não reduzida e encarquilhada com o calor das estrelas Michelin, em noites de insónia indomável como a desta noite, dou comigo a amaldiçoar certas coisas, como os perfumes e a publicidade voraz que se lhes faz. E, sobretudo, o facto de nos verem como carne para canhão, ao fomentarem o consumismo de Natal de que afinal somos nós os culpados.
          Durante as minhas lucubrações nocturnas, fui ainda mais longe: lembrei-me de uma carta, aberta, ou fechada, não importa, talvez petição com circulação no facebook, o jornal nacional de quem não tem voz em mais lado nenhum, que certos vultos de peso na vida nacional, incluindo da igreja e da literatura, a insurgir-se contra o negócio “Fátima”, das imagens, dos santinhos, de pau são ou oco e a pedir ao Papa Francisco que não pactue com o embuste Fátima e que não venha cá institucioná-lo ainda mais.
          Já agora, pergunto eu: Não poderiam fazer o mesmo com o Natal?
          Depois disto tudo, acordei às horas em que Cristo morreu no Gólgota, fui ler um livro (felizmente acabou, que seca!..) para a Costa Nova. Havendo quem cace gambuzinos, pokemons ou coisas assim, eu fui caçar nuvens. Bem bonitas por sinal...
« Última modificação: Novembro 30, 2020, 18:40:01 por Maria Gabriela de Sá » Registado

Dizem de mim que talvez valha a pena conhecer-me.
Goreti Dias
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 18563
Convidados: 994



WWW
« Responder #1 em: Dezembro 05, 2016, 17:16:42 »

Olha que caçaste bem as nuvens... e as palavras!
Registado

Goretidias

 Todos os textos registados no IGAC sob o número: 358/2009 e 4659/2010
Oswaldo Eurico Rodrigues
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 6091
Convidados: 0


Amo a Literatura e as artes.


« Responder #2 em: Dezembro 09, 2016, 17:02:26 »

Que ótimo passeio dos perfumes que emanam suas fragrâncias até as nuvens.
Registado

Oswaldo Eurico Rodrigues


Escrevo também nos sites Recanto das Letras (www.recantodasletras.com.br)
Nação Valente
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Mensagens: 1119
Convidados: 0


outono


« Responder #3 em: Dezembro 09, 2016, 20:11:21 »

Uma noite de insónia para nascer um belo texto. São insondáveis os caminhos das musas.
Registado
Maria Gabriela de Sá
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 997
Convidados: 0



« Responder #4 em: Dezembro 16, 2016, 15:12:37 »

Uma noite de insónia para nascer um belo texto. São insondáveis os caminhos das musas.


Quando apreciados por "musos"....
Registado
Oswaldo Eurico Rodrigues
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 6091
Convidados: 0


Amo a Literatura e as artes.


« Responder #5 em: Dezembro 26, 2016, 18:27:12 »

Relendo...
Registado
Goreti Dias
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 18563
Convidados: 994



WWW
« Responder #6 em: Dezembro 27, 2016, 18:19:15 »

A gente vem reler!
Registado
Maria Gabriela de Sá
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 997
Convidados: 0



« Responder #7 em: Novembro 30, 2020, 18:38:17 »

Pelo mesmo motivo de sempre, a publicidade, já me tinha lembrado deste texto...
Registado
carlossoares
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 2762
Convidados: 0



WWW
« Responder #8 em: Novembro 30, 2020, 23:53:40 »


Texto muito interessante.
Mas quem não tem saudade do tempo estúpido em que o mais importante do mundo era o perfume que o seu amor adorava?
Estúpido, mas o mais importante?
E das ceboladas e alhadas e saladas avinagradas que deliciavam, mas que punham um santo às portas da morte, toda a noite, a suplicar por vomitar, para poder dormir? Quem não explorou sombras e penumbras saberá quão ofuscante é a luz?
Registado

Carlos Ricardo Soares
Maria Gabriela de Sá
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 997
Convidados: 0



« Responder #9 em: Dezembro 01, 2020, 21:36:02 »

Tem toda a razão, quem me dera comprar perfumes para oferta...
Registado
Nação Valente
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Mensagens: 1119
Convidados: 0


outono


« Responder #10 em: Dezembro 02, 2020, 17:20:09 »

Obrigado MGS, pela deixa. Sobre este texto que já tinha lido e comentado, acrescento duas notas. a primeira, para dizer que as "joias da coroa" merecem ser expostas; a segunda para referir que na única vez que estive na Costa Nova não cacei uma única nuvem. Mas vi muitas coisas, bem bonitas.
Registado
Maria Gabriela de Sá
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 997
Convidados: 0



« Responder #11 em: Dezembro 02, 2020, 21:07:53 »

Antes, a Costa Nova via-me todos os dias. Confesso que é das coisas de que mais saudades tenho. Da minha leitura matinal na pastelaria. Aqui ainda não tenho rotina estabelecida.

Abraço
Registado
Páginas: [1]   Ir para o topo
  Imprimir  
 
Ir para:  

Recentemente
[Janeiro 25, 2021, 15:26:38 ]

[Janeiro 25, 2021, 15:25:24 ]

[Janeiro 25, 2021, 15:20:34 ]

[Janeiro 25, 2021, 15:19:19 ]

[Janeiro 25, 2021, 15:15:00 ]

[Janeiro 24, 2021, 18:38:21 ]

[Janeiro 24, 2021, 14:59:47 ]

[Janeiro 24, 2021, 14:52:14 ]

[Janeiro 24, 2021, 14:46:12 ]

[Janeiro 24, 2021, 14:44:39 ]
Membros
Total de Membros: 791
Ultimo: Bruna Brunelleshi
Estatísticas
Total de Mensagens: 128927
Total de Tópicos: 26459
Online hoje: 305
Máximo Online: 630
(Março 31, 2019, 09:49:42 )
Utilizadores Online
Users: 1
Convidados: 301
Total: 302
Últimas 30 mensagens:
Janeiro 23, 2021, 14:51:16
Boa tarde para todos.
Janeiro 21, 2021, 11:44:25
Bom dia feliz para todos
Abril 04, 2020, 09:57:10
Bom dia para todos!
Março 20, 2020, 15:06:31
Olá para todos!
Março 19, 2020, 22:59:05
Olá para todos! Espero que estejam bem, na medida do possível!
Fevereiro 18, 2020, 18:50:53
Olá Margarida. Seja bem aparecida.
Fevereiro 18, 2020, 18:41:32
Boas!
Fevereiro 10, 2020, 19:37:51
Boa noite!
Janeiro 29, 2020, 20:06:36
Oi pessoal. FigasAbraço
Janeiro 27, 2020, 20:16:38
Boa noite a todos
Janeiro 15, 2020, 17:52:14
Boa tarde a todos
Janeiro 10, 2020, 14:03:15
Boa tarde a todos
Janeiro 06, 2020, 14:46:26
Boa tarde a todos
Janeiro 01, 2020, 20:02:37
Bom ano feliz para todos.
Janeiro 01, 2020, 10:32:02
Bom Ano!
Dezembro 18, 2019, 16:48:08
Boa tarde!
Dezembro 06, 2019, 20:13:01
Boa noite feliz para todos
Dezembro 02, 2019, 21:57:04
Boa noite feliz para todos.
Dezembro 01, 2019, 19:51:29
Boa noite feliz para todos
Dezembro 01, 2019, 18:52:15
Boa noite!
Novembro 29, 2019, 20:32:37
Boa noite feliz para todos.
Novembro 29, 2019, 17:37:17
Boa tarde!
Novembro 29, 2019, 17:35:53
Boa tarde a todos!
Novembro 12, 2019, 18:18:18
um abraço para a administração, para quem dinamiza este espaço, seja como escritor, como leitor, como comentador.
Novembro 12, 2019, 18:15:54
margarida, plenamente de acordo.
Novembro 11, 2019, 11:31:31
Bom dia. Se todos fizerem igual, não há comentários.
Novembro 09, 2019, 14:53:10
Oi Dionísio. Obrigado pelo teu comentário. Desculpa eu ser relapso a fazer muitos comentários. Evito-os, para não  louvar uns ou criticar outros. Prefiro ficar na minha, ficar no que me parece. O meu principio geral: escrever, quem lê lê, quem não lê não lê. Ponto. Leio poesia d'outros, m
Novembro 01, 2019, 14:41:40
Boa tarde  todos. Os que estão e os que virão.
Outubro 31, 2019, 14:58:38
Parabéns, Figas. Parabéns a todos os que lêem e que escrevem, parabéns a todos os que partilham escritas e comentários.
 
Outubro 10, 2019, 12:24:06
Bom dia. Hoje, andaei a pastar pelas 351 páginas da poesia e encontrei 32 poemas meus, milionários de leituras. com média de 1209 leituras cada. Obrigado a todos os meus contribuintes de lucros poéticos. FigasAbração, a todos. Nota: O Campeão é o Linguagem Decente, com 3692 leituras.Viva a D
Powered by MySQL 5 Powered by PHP 5 CSS Valid
Powered by SMF 1.1.20 | SMF © 2006-2007, Simple Machines
TinyPortal v0.9.8 © Bloc
Página criada em 0.138 segundos com 28 procedimentos.