EscritArtes
Novembro 13, 2019, 23:17:24 *
Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão
Notícias: 8.¬™ Colect√Ęnea - 8.¬ļ Anivers√°rio Escritartes
http://www.escritartes.com/forum/index.php/topic,36064.0.html
 
  Início   Fórum   Ajuda Entrar Registe-se   *
Páginas: [1]   Ir para o fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: Fugir ao destino Big bang  (Lida 190 vezes)
Dion√≠sio Dinis e 1 Visitante estão a ver este tópico.
carlossoares
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 2698
Convidados: 0



WWW
« em: Novembro 02, 2019, 14:50:49 »

Ser√° que podemos fugir ao destino?
O destino, por natureza, é triste e, muitas vezes, trágico.
N√£o precisamos de ser muito s√°bios para constatarmos a realidade do destino.
Tudo isto é fado, tudo isto é triste, ou, tudo isto é triste, tudo isto é fado.
N√£o se trata de optimismo ou de pessimismo.
Optimismo ou pessimismo, cada um toma o que quer.
Talvez nenhuma espécie, como a humana, viva o dilema e o problema de as coisas não terem de ser como são, mas serem como são, apesar de não deverem ser como são.
Volto ao princípio: será que podemos fugir ao destino?
Tudo indica que sim e tudo indica que n√£o.
O big bang pode ser entendido como uma fuga ao destino. No entanto, cumpriu o destino. E, assim, tem sido ao longo de milh√Ķes e milh√Ķes de anos.
Nos √ļltimos s√©culos, os registos hist√≥ricos revelam que a humanidade tem estado t√£o obcecada a fugir ao destino, que quase n√£o tem tempo nem disponibilidade para mais nada. E, assim, cumpre o seu destino de fugir ao destino.
Inventa-se tudo, pensa-se em tudo, sacrifica-se tudo, faz-se tudo, para escapar ao destino.
Mas o destino é cada vez mais destino.
Sem querer ser "totalit√°rio", diria que todas as revolu√ß√Ķes, toda a discuss√£o e dial√©ctica entre o bem e o mal, toda a cultura e todas as guerras, quiseram moldar o destino e conseguiram-no.
Registado

Carlos Ricardo Soares
Dionísio Dinis
Moderador Global
Contribuinte Activo
*****
Online Online

Sexo: Masculino
Mensagens: 9498
Convidados: 0



WWW
« Responder #1 em: Novembro 10, 2019, 19:04:38 »

E n√£o poderemos n√≥s forjar um n√£o-destino, um ponto imaterial de fuga e reencontro? N√£o detemos n√≥s o poder de fintar e trocar as voltas ao fado e √†s varia√ß√Ķes do mesmo?
Afinal, reflexão e acção são o melhor desiderato para lidarmos com as imponderabilidades do destino.
Registado

Pensar amar-te, é ter o acto na palavra e o coração no corpo inteiro.
http://www.escritartes.com/forum/index.php
carlossoares
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 2698
Convidados: 0



WWW
« Responder #2 em: Novembro 11, 2019, 10:43:07 »

O homem, desde os primeiros artefactos, da reprodu√ß√£o de animais e da agricultura, percebeu que, de algum modo, podia tomar conta do destino, usando as "leis da natureza", o determinismo inelut√°vel do "comportamento" da mat√©ria, para os fins que lhe interessavam. Mas h√° outras condi√ß√Ķes, produzidas pelo homem, para al√©m das materiais, que podem ser fortemente determinantes da vida das pessoas. Em ambos os casos o problema √© escapar √†s consequ√™ncias ou efeitos das condi√ß√Ķes. De um modo passivo ou de um modo ativo. Mas as consequ√™ncias ou efeitos podem ser mais ou menos da responsabilidade do indiv√≠duo. Nem todos est√£o nas melhores condi√ß√Ķes para torcer os determinismos a seu favor e, ao faz√™-lo, as consequ√™ncias disso podem n√£o ser algo de in√≥cuo, para si e para os outros. O que n√£o nos √© dado escolher, enquanto vivos, √© "nada fazer", por pouco que seja, porque somos organismos vivos. Quanto mais op√ß√Ķes e alternativas e possibilidades de escolha, de fazer e n√£o fazer, tivermos, como indiv√≠duos e como grupos sociais, maiores e melhores ser√£o as perspetivas de fazermos o destino que, assim, deixaria de chamar-se destino.
Registado
margarida
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Mensagens: 814
Convidados: 0



« Responder #3 em: Novembro 11, 2019, 11:33:39 »

J√° acreditei no destino, j√° desacreditei... Hoje n√£o sei bem... Mas gosto de ler o que se escreve sobre isso. Em particular, do Carlos.
Registado
Páginas: [1]   Ir para o topo
  Imprimir  
 
Ir para:  

Parcerias
Buffering...Buffering...

O seu destaque aqui...
Recentemente
[Novembro 11, 2019, 11:36:25 ]

[Novembro 11, 2019, 11:34:42 ]

[Novembro 11, 2019, 11:34:19 ]

[Novembro 11, 2019, 11:33:39 ]

[Novembro 07, 2019, 20:15:24 ]

[Novembro 07, 2019, 20:13:24 ]

[Novembro 07, 2019, 16:47:55 ]

[Novembro 01, 2019, 19:06:32 ]

[Novembro 01, 2019, 14:05:06 ]

[Outubro 31, 2019, 22:15:42 ]
Membros
Total de Membros: 791
Ultimo: Bruna Brunelleshi
Estatísticas
Total de Mensagens: 127990
Total de Tópicos: 26247
Online hoje: 189
Máximo Online: 630
(Março 31, 2019, 09:49:42 )
Utilizadores Online
Users: 2
Convidados: 182
Total: 184
Últimas 30 mensagens:
Novembro 12, 2019, 18:18:18
um abraço para a administração, para quem dinamiza este espaço, seja como escritor, como leitor, como comentador.
Novembro 12, 2019, 18:15:54
margarida, plenamente de acordo.
Novembro 11, 2019, 11:31:31
Bom dia. Se todos fizerem igual, n√£o h√° coment√°rios.
Novembro 09, 2019, 14:53:10
Oi Dion√≠sio. Obrigado pelo teu coment√°rio. Desculpa eu ser relapso a fazer muitos coment√°rios. Evito-os, para n√£o  louvar uns ou criticar outros. Prefiro ficar na minha, ficar no que me parece. O meu principio geral: escrever, quem l√™ l√™, quem n√£o l√™ n√£o l√™. Ponto. Leio poesia d'outros, m
Novembro 01, 2019, 14:41:40
Boa tarde  todos. Os que est√£o e os que vir√£o.
Outubro 31, 2019, 14:58:38
Parabéns, Figas. Parabéns a todos os que lêem e que escrevem, parabéns a todos os que partilham escritas e comentários.
 
Outubro 10, 2019, 12:24:06
Bom dia. Hoje, andaei a pastar pelas 351 páginas da poesia e encontrei 32 poemas meus, milionários de leituras. com média de 1209 leituras cada. Obrigado a todos os meus contribuintes de lucros poéticos. FigasAbração, a todos. Nota: O Campeão é o Linguagem Decente, com 3692 leituras.Viva a D
Julho 29, 2019, 22:55:56
Olá para todos! Boas histórias e boas escritas!
Julho 02, 2019, 07:05:22
Bom dia!
Junho 28, 2019, 14:37:28
Boa tarde. Hoje, apeteceu-me saudar todos os que aqui tentam p√īr arte na pena. Figasabra√ßo
Maio 18, 2019, 19:22:13
Ol√°! Boa leitura e boa escrita para todos!
Maio 01, 2019, 17:26:47
Boa escrita e boa leitura para todos!
Março 30, 2019, 10:37:35
Boas leituras e boas escritas para todos!
Janeiro 27, 2019, 19:36:43
Boa noite feliz para todos.
Janeiro 11, 2019, 09:21:27
Ol√° para todos!
Dezembro 24, 2018, 21:55:27
Boas Festas.
Novembro 03, 2018, 14:19:38
Claro que sim, Mateus. Vamos lá puxar pelos neurónios?
Novembro 01, 2018, 18:36:27
Ol√° para todos!
Novembro 01, 2018, 15:51:21
A ideia com que fiquei em conversas, era a de que se pretendia fazer, uma sequela do "esfaqueador". Agora estou baralhado.
Outubro 31, 2018, 18:31:48
Temos um tópico em aberto "sem título". Podem entrar. A ideia é fazer algo ao jeito do Esfaqueador da Régua. Estão convidados!
Setembro 12, 2018, 14:34:00
Esfaqueador da Régua, aqui nascido, terá o seu lançamento na Feira do livro do Porto, dia 21 de Setembro.
Julho 04, 2018, 13:54:05
Bom dia.
Março 01, 2018, 20:26:58
Boa noite!
Dezembro 30, 2017, 21:19:00
Ol√°, amigos do Escritartes!
Dezembro 27, 2017, 09:04:13
Boas Festas!
Dezembro 21, 2017, 10:51:56
Ol√° para todos! Desde j√°, um feliz natal e um 2018 de novas escritas!
Novembro 11, 2017, 17:23:12
Boa tarde a todos! Votos de muita inspiração na nobre arte da escrita.
Outubro 25, 2017, 10:20:24
Meu bom dia a todos!
Julho 18, 2017, 20:17:24
Ol√° para todos! Boas escritas!
Logos
Buffering...

Firefox 2 xspf player AJAX powered Powered by MySQL 5 Powered by PHP 5 Powered by HoneyPot project Hacker Trap
CSS Valid CSS 2.0 Valid RSS 1.0 Valid RSS 2.0 Valid XHTML Valid
Powered by SMF 1.1.20 | SMF © 2006-2007, Simple Machines
TinyPortal v0.9.8 © Bloc
Página criada em 0.107 segundos com 28 procedimentos.