EscritArtes
Outubro 21, 2021, 09:31:42 *
Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão
Notícias: Regulamento do site
http://www.escritartes.com/forum/index.php/topic,9145.0.html
 
  Início   Fórum   Ajuda Entrar Registe-se   *
Páginas: [1]   Ir para o fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: Morte em Veneza  (Lida 3781 vezes)
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Tim_booth
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 698
Convidados: 1


Queria escrever à velocidade com que penso.


WWW
« em: Novembro 08, 2008, 01:30:02 »

Citar
A beleza gera constrangimento, pensou Aschenbach, que se meteu a aprofundar este pensamento, buscando o porquê.

- Thomas Mann, Morte em Veneza



Mais um escritor alemão e mais um Nobel nesta casa, desta vez é Thomas Mann quem toma a minha atenção com uma das suas obras mais reconhecidas, Morte em Veneza. Livro curto que se lê com gosto practicamente de uma vez e repleto de possíveis interpretações e significados.

Gustav von Aschenbach, que tinha acabado de acrescentar o von no seu quinquagésimo aniversário, símbolo de nobreza, é um consagrado autor alemão classicista e formal, que vive na sua rotina organizada em Munique. Subitamente, após um passeio no parque e durante um encontro com um estranho homem ruivo sente uma incontrolável vontade de viajar. Parte primeiro para Pola mas onde imediatamente se apercebe do erro do seu destino e segue para Veneza, a cidade amada.  Chega à cidade onde é conduzido por um gondoleiro que contra as suas ordens o leva directamente ao Hotel onde Aschenbach vai ficar hospedado. Apesar de contrariado e até um pouco temoroso pela figura, o ilustre alemão não se consegue deixar de sentir fascinado pela figura do homem que conduz a gondola, que mais tarde vem a descobrir ser o único homem sem licença para o fazer em Veneza. Instala-se então no hotel onde vê pela primeira vez a família polaca, duas irmãs que vestiam como se fossem freiras, e o jovem Tadzio que, aos olhos de Gustav, encarna o ideal da Beleza. Aschenbach fica imediatamente fascinado com o pequeno polaco e desde aí vai persegui-lo com o seu olhar admirador, mesmo quando a ameça de uma epidemia de cólera se abate sobre a cidade, até, literalmente, à morte.

Este é um romance múltiplo de interpretações, como já o disse. Talvez a maneira mais linear de o ler seja a sedução da intelectualidade pela beleza e a constante procura do artista pelo belo. Não está de todo errado, mas temo que seja uma interpretação demasiado simplista deste livro. Ou talvez seja a minha mania de esperar sempre mais do que aquilo que por vezes os livros nos dão. Mas atentemos em alguns pormenores, como os vários homens ruivos que causam em Aschenbach reacções sempre inesperadas. O primeiro lança-o num ímpeto de viajar; o segundo, o gondoleiro, dobra-lhe a vontade; o último, o músico, fá-lo apreciar a arte de uma maneira popular que o anterior escritor dificilmente conseguiria. Quem são estes três homens, todos ruivos, que perseguem o autor? É algo a que não sei responder mas que não consegui deixar de reparar durante a leitura. Há ainda o grito que Mann lança, o grito da liberdade de escolha sexual, ou não fosse no seu livro o autor apaixonar-se por um rapaz. É preciso ter em conta que em 1912 ainda a homossexualidade era considerada, pela maioria das pessoas, como um desvio à normalidade. Muitos se juntam na interpretação que Mann escrevia para exorcizar a sua própria homossexualidade retraída. O que não passam, é claro, de suposições. O que na verdade se sente neste livro é um despudor em relação a esta questão que na altura em que pela primeira vez foi publicado causou, certamente, incómodo. Mann apresenta esta história como se nada de anormal contivesse e não dedica nem uma linha a explicar o aparente engano que Aschebach tem. E foi uma boa decisão.

Mas mesmo com todas estas possíveis interpretações, o que prevalece do romance é mesmo a ideia mais imediata, a tal busca constante da beleza pela arte. É quase um ensaio figurativo sobre isto mesmo: um artista é capaz de morrer pela beleza e sente-se pequeno quando se vê incapaz de reproduzir, como Aschebach no livro, e meramente enaltecer a perfeição. Esta é uma alegoria perfeita da constante busca pela perfeição e também do constante falhanço.

É com pena que, ao nível da linguagem, não encontro nada digno de nota. Começo a aperceber-me que talvez seja uma característica da literatura germânica, já o mesmo acontecia com os livros de Hesse. Ressalvo, é claro, as perdas naturais da tradução, mas julgo inconsciente da minha parte apenas culpar os tradutores. A verdade é que Portugal é um país de poetas que procuram sempre o máximo da linguagem enquanto que a Alemanha é um país de engenheiros que querem o trabalho feito com eficácia. Assim é a escrita de Mann, clara, concisa, detalhada. É também desprovida de beleza e experimentação mas não se pode pedir tudo. Já temos neste pequeno livro muito mais do que as páginas nos apresentam. É sem dúvida uma obra a recorrer por mais do que uma vez.

Escrito originalmente aqui.
Registado

Goreti Dias
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 18540
Convidados: 994



WWW
« Responder #1 em: Novembro 09, 2008, 13:59:20 »

Não podemos reduzir assim, Tim. "desprovida de beleza e experimentação" ? Com o tempo, encontrarás a beleza em todo o lado. É só questão de procurar com boa vontade.
Abraço
Registado

Goretidias

 Todos os textos registados no IGAC sob o número: 358/2009 e 4659/2010
Tim_booth
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 698
Convidados: 1


Queria escrever à velocidade com que penso.


WWW
« Responder #2 em: Novembro 09, 2008, 14:39:50 »

Laura, realmente a Alemanha é a origem de isso tudo, verdade seja dita, é um dos maiores repositórios culturais europeus, mas onde a cultura é olhada como uma ciência, talvez por isso tudo seja tão formal. É claro que isto é uma generalização e, como todas, é errada.

Goreti, não acredito que existe beleza em todo o lado pelo simples facto de que se assim fosse, a beleza não era característica para ser apreciada, para mim é claro, era um simples facto comum a tudo, como todos os seres vivos respirarem. É claro que isto é apenas a minha visão.

Cheers
Registado
camila75
Novo por cá
*
Offline Offline

Mensagens: 10
Convidados: 0



WWW
« Responder #3 em: Novembro 19, 2008, 14:02:06 »

E já que se fala de beleza, ou da falta dela, convém não esquecer que este livro inspirou um dos mais belos filmes de sempre, a Morte em Veneza, de Visconti: os gestos, silêncios e expressões de Dirk Bogard, tendo como pano de fundo uma fotografia fabulosa e a magnífica música de Mahler, dão vida e alma às palavras de Thomas Mann.
Sublime e inesquecível.
Registado

Camila75
Tim_booth
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 698
Convidados: 1


Queria escrever à velocidade com que penso.


WWW
« Responder #4 em: Novembro 19, 2008, 18:12:38 »

O filme, admito, nunca vi - mas imagino o muito que se pode fazer com as palavras de Mann.

Cheers
Registado
Goreti Dias
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 18540
Convidados: 994



WWW
« Responder #5 em: Novembro 29, 2008, 09:58:06 »

Por norma, os filmes desiludem-me sempre que li antes o livro, se o livro é bom! Também não vi este.
Registado
Luis F
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1612
Convidados: 3


Nas asas do sonho, escrevo...


WWW
« Responder #6 em: Novembro 29, 2008, 11:18:56 »

Mais uma excelente crónica... como é bom ler
Registado

Tim_booth
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 698
Convidados: 1


Queria escrever à velocidade com que penso.


WWW
« Responder #7 em: Novembro 29, 2008, 14:37:30 »

Goreti, o Meirelles disse que é mais fácil fazer um bom filme a partir de um mau livro do que um filme razoável a partir de um livro excelente.

Luís, qualquer dia começo a acreditar nesses elogios.

Cheers
Registado
Luis F
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1612
Convidados: 3


Nas asas do sonho, escrevo...


WWW
« Responder #8 em: Novembro 29, 2008, 14:38:30 »

Podes acreditar Tim, gosto de ler as tuas criticas... só espero que não sejas muito mau depois na avaliação dos meus livros Smiley

UM abraço
Luis
Registado
Tim_booth
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 698
Convidados: 1


Queria escrever à velocidade com que penso.


WWW
« Responder #9 em: Novembro 29, 2008, 14:39:54 »

Tenho dúvidas que seja, posso ser um bocadinho duro, mas mau nunca sou. Hoje começo a ler o "Rio de Sal"... Get ready
Registado
Luis F
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1612
Convidados: 3


Nas asas do sonho, escrevo...


WWW
« Responder #10 em: Novembro 29, 2008, 14:41:55 »

A tua critica é sempre bem vinda, pois tens uma análise forte das obras, o que ajuda a ser melhor...

Com amizade
Luis
Registado
Tim_booth
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 698
Convidados: 1


Queria escrever à velocidade com que penso.


WWW
« Responder #11 em: Novembro 29, 2008, 14:44:11 »

Ainda bem que é isso que passa. É a minha intenção, não tenho qualquer gosto em dizer mal de alguma coisa só por dizer.

Cheers
Registado
Páginas: [1]   Ir para o topo
  Imprimir  
 
Ir para:  

Recentemente
[Outubro 20, 2021, 21:16:47 ]

[Outubro 16, 2021, 23:41:23 ]

[Outubro 14, 2021, 00:46:55 ]

[Outubro 14, 2021, 00:37:25 ]

[Outubro 14, 2021, 00:34:00 ]

[Outubro 03, 2021, 18:53:14 ]

[Setembro 22, 2021, 22:09:09 ]

[Setembro 22, 2021, 21:29:21 ]

[Setembro 22, 2021, 21:28:41 ]

[Setembro 20, 2021, 21:04:31 ]
Membros
Total de Membros: 792
Ultimo: Leonardrox
Estatísticas
Total de Mensagens: 129500
Total de Tópicos: 26508
Online hoje: 308
Máximo Online: 630
(Março 31, 2019, 09:49:42 )
Utilizadores Online
Users: 0
Convidados: 255
Total: 255
Últimas 30 mensagens:
Outubro 14, 2021, 00:43:39
Obrigado, Administração, por avisar!
Setembro 14, 2021, 10:50:24
Bom dia. O site vai migrar para outra plataforma no dia 23 deste mês de setembro. Aconselha-se as pessoas a fazerem cópias de algum material que não tenham guardado em meios pessoais. Não está previsto perder-se nada, mas poderá acontecer. Obrigada.

Maio 10, 2021, 20:44:46
Boa noite feliz para todos
Maio 07, 2021, 15:30:47
Olá! Boas leituras e boas escritas!
Abril 12, 2021, 19:05:45
Boa noite a todos.
Abril 04, 2021, 17:43:19
Bom domingo para todos.
Março 29, 2021, 18:06:30
Boa semana para todos.
Março 27, 2021, 16:58:55
Boa tarde a todos.
Março 25, 2021, 20:24:17
Boia noite para todos.
Março 22, 2021, 20:50:10
Boa noite feliz para todos.
Março 17, 2021, 15:04:15
Boa tarde a todos.
Março 16, 2021, 12:35:25
Olá para todos!
Março 13, 2021, 17:52:36
Olá para todos!
Março 10, 2021, 20:33:13
Boa feliz noite para todos.
Março 05, 2021, 20:17:07
Bom fim de semana para todos
Março 04, 2021, 20:58:41
Boa quinta para todos.
Março 03, 2021, 19:28:19
Boa noite para todos.
Março 02, 2021, 20:10:50
Boa noite feliz para todos.
Fevereiro 28, 2021, 17:12:44
Bom domingo para todos.
Fevereiro 26, 2021, 21:31:48
Bom fim de semana para tod@s.
Fevereiro 25, 2021, 20:52:03
Boa noite a todos.
Fevereiro 24, 2021, 20:43:45
Boa noite a todos.
Fevereiro 22, 2021, 16:46:56
Uma boa semana para todos.
Fevereiro 22, 2021, 16:43:41
Sejam muito bem vind@s
Fevereiro 22, 2021, 16:41:57
Boa tarde a todos.
Fevereiro 18, 2021, 20:52:07
Boa noite a todos.
Fevereiro 17, 2021, 19:09:25
Boa quarta para todos.
Fevereiro 16, 2021, 19:10:20
Boa noite a todos os presentes.
Fevereiro 15, 2021, 14:54:45
Boa semana para todos.
Fevereiro 14, 2021, 15:29:30
Bom domingo para todos.
Powered by MySQL 5 Powered by PHP 5 CSS Valid
Powered by SMF 1.1.20 | SMF © 2006-2007, Simple Machines
TinyPortal v0.9.8 © Bloc
Página criada em 0.119 segundos com 28 procedimentos.