EscritArtes
Janeiro 30, 2023, 12:06:05 *
Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão
Notícias: Regulamento do site
http://www.escritartes.com/forum/index.php/topic,9145.0.html
 
  Início   Fórum   Ajuda Entrar Registe-se   *
Páginas: [1]   Ir para o fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: "The Wire: A Escuta" - Os Polícias  (Lida 3268 vezes)
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
NunoMiguelLopes
Membro
***
Offline Offline

Mensagens: 209
Convidados: 0


Não vou gostar nada do dia de hoje, pois não?


« em: Dezembro 16, 2009, 14:03:51 »

Jimmy McNulty é o tal detective farto de jogar numa equipa perdedora. Não é o exemplo do decoro nem da disciplina, mas é dedicado ao ponto de lixar todos os outros aspectos da sua vida com o mesmo denodo com que lixa a sua reputação junto das chefias. Ele bebe, mas quem não bebe? É imaturo, também. Falta-lhe graciosidade na forma de interagir com as hierarquias mais altas. Investigar os Barksdale é ideia sua, mais outra que não agrada a ninguém no Departamento, pelo que lhe passa por cima para ir cochichar ao ouvido do tal Juiz Phelan, e mesmo só este tendo motivos pessoais para querer lixar os cornos ao Departamento é que lhe faz a vontade. O mau perder de McNulty ganhará assim a forma de uma bola de neve e porá em movimento uma engrenagem há muito tempo adormecida, desinvestida, desacreditada.

Para governar este milagre de fazer o Departamento dar ares de mobilidade ao Juiz Phelan, é escolhido, com alguma manha, o tenente Cedric Daniels, dos Narcóticos. Daniels tem uma pose de militar e uma seriedade austera, mas o seu passado faz parte de relatórios internos perniciosos e o futuro da sua carreira ainda é uma ambição sua, suficiente para que as chefias o considerem fácil de manipular. Gosta de fazer as coisas bem feitas, não é de admirar que alguns dos homens que lhe vão parar ao colo lhe causem má impressão, com McNulty à cabeça dessa lista. Vai ver-se entalado entre o entusiasmo contagioso de McNulty e a inércia preferencial dos seus superiores.

Com Daniels, vêm três elementos da sua equipa nos Narcóticos. Kima Greggs será a mais valorosa desse trio. É uma mulher numa guerra de homens, capaz de dispensar pancada como os homens, de beber tanto quanto eles, enfim, de fazer o mesmo trabalho com igual, se não maior, eficácia.

Herc e Carver, que são como que siameses de pais diferentes, ainda não completamente separados, e fazem um pouco a descompressão que nem as más maneiras de McNulty conseguem oferecer ao espectador. São brutos, porradistas, e não muito inteligentes. Contudo, incrivelmente úteis nas ruas violentas de Baltimore. São o músculo da unidade. Os capangas a serviço da Polícia.

Lester Freamon é um veterano detective há muito tempo confinado à prateleira que é a Secção de Penhores onde, basicamente, passou boa parte da carreira a fazer-se de morto. Apresenta-se um homem calado, aparentemente habituado ao pano de fundo, confortável nesse papel. Tem ouvido para o detalhe. Pouco gosto pelo alarido. Mostra serviço fazendo o trabalho sem terem de lhe pedir que o faça. Dos quatro veteranos que desaguam na unidade criada às pressas será o único que vale a ponta dum corno. Dos outros, não faz falta falar.

Falemos de Roland Pryzbylewski, “Prez”, para facilitar, genro de um Major da Polícia que, não querendo encolerizar a filha, distribui os disparates do jovem por unidades onde ele possa causar o menor estrago possível. Prez é amigo do gatilho. Mosquinha morta que ganha asas com uma arma. Não fosse o crachá, seria um sociopata. Rapidamente, por causa da sua inclinação para a brutalidade, vê-se confinado ao gabinete e às palavras cruzadas. Daniels tenta livrar-se dele, sem sucesso.

Sydnor é a compensação por Pryzbylewski. Agente bem preparado para o ambiente urbano de Baltimore, corajoso e empreendedor, chega mais tarde à equipa de Daniels e não tem problema em integrar-se. Acredita na missão e que pode fazer a diferença. É dos poucos que faz o trabalho policial ainda com o bem da comunidade em mente.

Bunk Moreland, não fazendo parte da equipa, é presença assídua nas investigações por se tratar de um dos melhores detectives de Homicídios que o Departamento tem. Como o clã Barksdale não se coíbe de recorrer ao assassínio para manter o seu império de drogas intocável, as averiguações de Bunk cruzam-se frequentemente com as da equipa de Daniels. Também é o melhor amigo de McNulty. Pode-se dizer, ao início da série, o único amigo que resta ao irlandês.

O Major Bill Rawls dos Homicídios não é amigo de McNulty. É um dos muitos superiores hierárquicos que McNulty desrespeitou quando foi falar com o Juiz. É um trepador, como quase todos no comando da Polícia de Baltimore. Só faz aquilo que beneficiar a sua carreira e mesmo isso, contrariado.

Acima deste está o Comissário Ervin Burrell, outra bela peça no puzzle estático-burocrático do Departamento cujo traseiro o Juiz Phelan, instigado pelas queixinhas de McNulty, faz o favor de pontapear. Acossado pela magistratura e pela imprensa, Burrell só a muito custo, e temendo pela vitalidade da sua carreira, levanta o dito da cadeira para fazer seja o que for. Quase tanto quanto os criminosos, os verdadeiros polícias de Baltimore têm de combater Burrell na tentativa de restituir à cidade alguma noção de ordem.

Quem se esforça por fazer passar um caso ou outro pela barra dos tribunais é Rhonda Pearlman, a assistente da Procuradoria. Sabe que o jogo está viciado mas persiste na sua missão e é a principal aliada de McNulty, embora nem sempre de modo voluntário ou consciente. Ela e o detective têm um passado truculento e uma amizade que, sendo sincera, também terá a sua porção de conveniência. Mais para o lado dele, claramente.
« Última modificação: Dezembro 16, 2009, 14:57:19 por NunoMiguelLopes » Registado
anamarques
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Mensagens: 757
Convidados: 0



« Responder #1 em: Dezembro 17, 2009, 17:34:43 »

McNulty é uma força da natureza. Faz-me lembrar um cão de caça atrás da presa. Não descansa enquanto não a domina. Este polícia não só é um “perdigueiro” super eficiente mas tem também um dom natural para descobrir os verdadeiros alvos do crime. É inteligente. Apesar de imaturo e estar a sofrer na pele por ser emocionalmente desastroso em relação à sua ex-mulher ele não é destituído de sentimentos. Ele é o polícia que “perde” tempo a tentar identificar o corpo de uma mulher desconhecida, para a entregar à família. Ele é o amigo que Bunk chama para o ir buscar às 3 da manhã a cair de bêbado da casa de uma amiga ocasional.
Podia estar aqui a dissertar sobre McNulty durante horas pois de facto é uma personagem fascinante. Resta apenas realçar a sua sensualidade irresistível. Para as outras personagens femininas e para as espectadoras.
Registado
Goreti Dias
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 18608
Convidados: 998



WWW
« Responder #2 em: Dezembro 17, 2009, 17:50:40 »

De quem percebe muito de policiais e de polícias! Este é especial. Mas que seria do mundo se todos fossem iguais? Mesmo na ficção necessitamos de personagens diferentes e com carisma.
Registado

Goretidias

 Todos os textos registados no IGAC sob o número: 358/2009 e 4659/2010
Páginas: [1]   Ir para o topo
  Imprimir  
 
Ir para:  

Recentemente
[Hoje às 01:03:41]

[Janeiro 28, 2023, 15:56:05 ]

[Janeiro 28, 2023, 15:53:10 ]

[Janeiro 27, 2023, 19:44:04 ]

[Janeiro 24, 2023, 16:37:13 ]

[Janeiro 24, 2023, 16:32:31 ]

[Janeiro 24, 2023, 16:28:43 ]

[Janeiro 22, 2023, 18:40:29 ]

[Janeiro 10, 2023, 20:56:29 ]

[Janeiro 10, 2023, 20:54:00 ]
Membros
Total de Membros: 792
Ultimo: Leonardrox
Estatísticas
Total de Mensagens: 129866
Total de Tópicos: 26600
Online hoje: 442
Máximo Online: 630
(Março 31, 2019, 09:49:42 )
Utilizadores Online
Users: 0
Convidados: 427
Total: 427
Últimas 30 mensagens:
Janeiro 01, 2023, 20:15:54
Bom Ano! Obrigada pela companhia!
Dezembro 30, 2022, 19:42:00
Entrei para desejar um novo ano carregado de inflação de coisas boas para todos
Novembro 10, 2022, 20:31:07
Partilhar é bom! Partilhem leituras, comentários e amizades. Faz bem à alma.
Novembro 10, 2022, 20:30:23
E, se não for pedir muito, deixem um incentivo aos autores!
Novembro 10, 2022, 20:29:22
Boas leituras!
Novembro 10, 2022, 20:29:08
Boa noite!
Setembro 05, 2022, 13:39:27
Brevemente, novidades por aqui!
Setembro 05, 2022, 13:38:48
Boa tarde
Outubro 14, 2021, 00:43:39
Obrigado, Administração, por avisar!
Setembro 14, 2021, 10:50:24
Bom dia. O site vai migrar para outra plataforma no dia 23 deste mês de setembro. Aconselha-se as pessoas a fazerem cópias de algum material que não tenham guardado em meios pessoais. Não está previsto perder-se nada, mas poderá acontecer. Obrigada.

Maio 10, 2021, 20:44:46
Boa noite feliz para todos
Maio 07, 2021, 15:30:47
Olá! Boas leituras e boas escritas!
Abril 12, 2021, 19:05:45
Boa noite a todos.
Abril 04, 2021, 17:43:19
Bom domingo para todos.
Março 29, 2021, 18:06:30
Boa semana para todos.
Março 27, 2021, 16:58:55
Boa tarde a todos.
Março 25, 2021, 20:24:17
Boia noite para todos.
Março 22, 2021, 20:50:10
Boa noite feliz para todos.
Março 17, 2021, 15:04:15
Boa tarde a todos.
Março 16, 2021, 12:35:25
Olá para todos!
Março 13, 2021, 17:52:36
Olá para todos!
Março 10, 2021, 20:33:13
Boa feliz noite para todos.
Março 05, 2021, 20:17:07
Bom fim de semana para todos
Março 04, 2021, 20:58:41
Boa quinta para todos.
Março 03, 2021, 19:28:19
Boa noite para todos.
Março 02, 2021, 20:10:50
Boa noite feliz para todos.
Fevereiro 28, 2021, 17:12:44
Bom domingo para todos.
Fevereiro 26, 2021, 21:31:48
Bom fim de semana para tod@s.
Fevereiro 25, 2021, 20:52:03
Boa noite a todos.
Fevereiro 24, 2021, 20:43:45
Boa noite a todos.
Powered by MySQL 5 Powered by PHP 5 CSS Valid
Powered by SMF 1.1.20 | SMF © 2006-2007, Simple Machines
TinyPortal v0.9.8 © Bloc
Página criada em 0.197 segundos com 28 procedimentos.