EscritArtes
Dezembro 13, 2019, 03:27:25 *
Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão
Notícias: Regulamento do site
http://www.escritartes.com/forum/index.php/topic,9145.0.html
 
  Início   Fórum   Ajuda Entrar Registe-se   *
Páginas: [1]   Ir para o fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: NA EXTREMA CURVA DO CAMINHO EXTREMO  (Lida 245 vezes)
0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
CAMPISTA CABRAL
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 1630
Convidados: 0


Escritor, poeta, cineasta amador e roteirista.


« em: Novembro 29, 2019, 01:05:13 »

Escrever uma cr√īnica neste pa√≠s dos retrocessos √© uma tarefa f√°cil, tristemente constato!

A cada minuto, uma palavra, uma frase, um pronunciamento revelam o que j√° virou comum: coisas bizarras e insanas s√£o ditas como nada fossem, ou pior, como se fossem a mais pura e cristalina verdade!

Mas escrever sobre isso é uma chatice, uma grande sacanagem comigo e com todas as pessoas de bom senso!

Eu não deveria escrever sobre se a terra é de fato esférica...

Eu não deveria escrever e me esforçar para que as pessoas saibam e entendam que o nazismo foi um movimento de extrema direita.

Eu não deveria escrever e me fazer entender que QUALQUER regime de exceção, que tira direitos e persegue pessoas é chamado de ditadura...

Eu n√£o deveria escrever sobre a desgra√ßa que √© o racismo, posto que as pessoas sabem e TEM CERTEZA de que isso √© um c√Ęncer...

Eu n√£o deveria escrever sobre TODAS as coisas que, em uma sociedade dita civilizada, s√£o ditas e certas como INDEFENS√ĀVEIS...

Hoje, lamentavelmente, o que era indefens√°vel toma forma, cor e se concretiza em palavras, atos, ideias e o que mais vier!

Agora, sem pudor, preconceitos s√£o verdades e colocados como franqueza, como sinceridade...

Na extrema curva do caminho extremo, brutalmente, escolhemos a intoler√Ęncia.

Na extrema curva do caminho extremo, fatalmente, desconstruímos um país...

Na extrema curva do caminho extremo, apagamos a história conforme nossas conveniências...

Na extrema curva do caminho extremo, matamos a voz, o abraço, o beijo e o afago e ficamos com o ódio, a violência pura, o conflito e o atraso...

Na extrema curva do caminho extremo...
Registado

CANAL NO YOUTUBE
https://www.youtube.com/channel/UCJ5TRvaPtHNN5sxar_GuuCg

TEXTOS DO AUTOR NOS SITES:

http://cronicascariocas.com/colunista/campista-cabral/

https://www.recantodasletras.com.br/autor_textos.php?id=62723

Proibida a reprodução total ou parcial dos textos sem a prévia autori
Dionísio Dinis
Moderador Global
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 9511
Convidados: 0



WWW
« Responder #1 em: Novembro 29, 2019, 13:34:00 »

Para reflectir e lutar. Lutar sempre!
Registado

Pensar amar-te, é ter o acto na palavra e o coração no corpo inteiro.
http://www.escritartes.com/forum/index.php
carlossoares
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Masculino
Mensagens: 2702
Convidados: 0



WWW
« Responder #2 em: Novembro 29, 2019, 15:46:01 »

Quando nos sentimos obrigados a vir para a rua gritar...
As nossas percep√ß√Ķes tendem a ser influenciadas e manipuladas e viciadas pelas for√ßas pol√≠ticas, econ√≥micas e religiosas no terreno, que se manifestam diante dos nossos olhos e ouvidos de um modo t√£o virtual, com tantos engodos e bluff, com tanta representa√ß√£o social √† mistura, que o facto de as televis√Ķes e os jornais e as redes sociais serem a nossa fonte de informa√ß√£o s√≥ por si constituem um problema s√©rio porque, de algum modo, s√£o nossos sequestradores.
N√£o h√° uma verdade oficial. E ainda bem.
O discurso oficial, o politicamente correto são tão suspeitos que, eles próprios, se demitiram do dever de informar, porque eles têm interesse em não informar, ou em informar apenas o que lhes interessa.
E era aqui que eu queria chegar.
Os governos devem assumir como uma das suas fun√ß√Ķes principais, atrav√©s da cria√ß√£o de equipas t√©cnico-cient√≠ficas, n√£o a pedagogia das popula√ß√Ķes, nem a doutrina√ß√£o, nem a propaganda alienante, virtual e massificadora, mas a informa√ß√£o a que, objetivamente, cientificamente, j√° √© poss√≠vel chegar e o cidad√£o tem direito.
Este ‚Äúposs√≠vel chegar‚ÄĚ n√£o √© para o cidad√£o comum, mas √© poss√≠vel para o Estado.
Acredito que os Estados mais ricos tenham capacidade para recolher (e recolham) e tratar dados (e tratem) sobre praticamente todas as áreas, nomeadamente polítcas e económico-sociais.
A explica√ß√£o para fen√≥menos t√£o est√ļpidos e vergonhosos como racismo, xenofobia, chauvinismo, hooliganismo..., ficaria acess√≠vel ao p√ļblico e a sua an√°lise permitiria concluir muita coisa, v√°lida e consistente, sobre a sociedade, em termos comparativos no espa√ßo e no tempo e as tend√™ncias atuais, nomeadamente pol√≠ticas, para al√©m daquilo que sabemos pelos telejornais e pelas impress√Ķes dos nossos amigos e inimigos.
Enquanto, aparentemente, os Estados andarem todos a fazer bluff (como se estivéssemos perante fenómenos inexplicáveis e sem solução) seremos induzidos a seguir líderes de coisa nenhuma, porque tudo o que têm para nos dizer (limitam-se a ampliar populismos e demagogias à cata de votos ou anuências ou proselitismo) não vale mais, nem é melhor que aquilo que nós sabemos.
Se soub√©ssemos (e acredito que h√° Estados e pol√≠cias que sabem) quem s√£o os racistas, etc..., e as raz√Ķes e motivos que os movem, talvez fic√°ssemos esclarecidos sobre aspectos muito importantes, graves e deplor√°veis, que podemos e devemos corrigir com justi√ßa.
As cortinas de sil√™ncio, o clima de suspei√ß√£o, a cultura de bruma e de medo, os fantasmas da guerra... s√£o instrumentos poderosos cuja utiliza√ß√£o interessa a quem sabe muito daquilo que nos interessa saber mas n√£o informa, porque tem poderes para ‚Äún√£o informar‚ÄĚ.
No entanto, n√£o mais basta que um grupo dominante queira isto ou aquilo.
A minha percepção é que este é o problema, mas também é a esperança de mais justiça e de mais racionalidade.
Registado

Carlos Ricardo Soares
Goreti Dias
Contribuinte Activo
*****
Offline Offline

Sexo: Feminino
Mensagens: 18368
Convidados: 994



WWW
« Responder #3 em: Novembro 29, 2019, 17:38:48 »

Vivemos tempos complicados, não é verdade? Muito complicados... na luta e na fuga.
Registado

Goretidias

 Todos os textos registados no IGAC sob o n√ļmero: 358/2009 e 4659/2010
Páginas: [1]   Ir para o topo
  Imprimir  
 
Ir para:  

Recentemente
[Dezembro 11, 2019, 19:36:51 ]

[Dezembro 10, 2019, 20:07:44 ]

[Dezembro 10, 2019, 19:09:30 ]

[Dezembro 10, 2019, 19:08:41 ]

[Dezembro 10, 2019, 19:06:50 ]

[Dezembro 10, 2019, 19:05:38 ]

[Dezembro 10, 2019, 18:11:15 ]

[Dezembro 10, 2019, 17:46:25 ]

[Dezembro 10, 2019, 17:45:09 ]

[Dezembro 10, 2019, 17:43:28 ]
Membros
Total de Membros: 791
Ultimo: Bruna Brunelleshi
Estatísticas
Total de Mensagens: 128058
Total de Tópicos: 26259
Online hoje: 190
Máximo Online: 630
(Março 31, 2019, 09:49:42 )
Utilizadores Online
Users: 0
Convidados: 190
Total: 190
Últimas 30 mensagens:
Dezembro 06, 2019, 20:13:01
Boa noite feliz para todos
Dezembro 02, 2019, 21:57:04
Boa noite feliz para todos.
Dezembro 01, 2019, 19:51:29
Boa noite feliz para todos
Dezembro 01, 2019, 18:52:15
Boa noite!
Novembro 29, 2019, 20:32:37
Boa noite feliz para todos.
Novembro 29, 2019, 17:37:17
Boa tarde!
Novembro 29, 2019, 17:35:53
Boa tarde a todos!
Novembro 12, 2019, 18:18:18
um abraço para a administração, para quem dinamiza este espaço, seja como escritor, como leitor, como comentador.
Novembro 12, 2019, 18:15:54
margarida, plenamente de acordo.
Novembro 11, 2019, 11:31:31
Bom dia. Se todos fizerem igual, n√£o h√° coment√°rios.
Novembro 09, 2019, 14:53:10
Oi Dion√≠sio. Obrigado pelo teu coment√°rio. Desculpa eu ser relapso a fazer muitos coment√°rios. Evito-os, para n√£o  louvar uns ou criticar outros. Prefiro ficar na minha, ficar no que me parece. O meu principio geral: escrever, quem l√™ l√™, quem n√£o l√™ n√£o l√™. Ponto. Leio poesia d'outros, m
Novembro 01, 2019, 14:41:40
Boa tarde  todos. Os que est√£o e os que vir√£o.
Outubro 31, 2019, 14:58:38
Parabéns, Figas. Parabéns a todos os que lêem e que escrevem, parabéns a todos os que partilham escritas e comentários.
 
Outubro 10, 2019, 12:24:06
Bom dia. Hoje, andaei a pastar pelas 351 páginas da poesia e encontrei 32 poemas meus, milionários de leituras. com média de 1209 leituras cada. Obrigado a todos os meus contribuintes de lucros poéticos. FigasAbração, a todos. Nota: O Campeão é o Linguagem Decente, com 3692 leituras.Viva a D
Julho 29, 2019, 22:55:56
Olá para todos! Boas histórias e boas escritas!
Julho 02, 2019, 07:05:22
Bom dia!
Junho 28, 2019, 14:37:28
Boa tarde. Hoje, apeteceu-me saudar todos os que aqui tentam p√īr arte na pena. Figasabra√ßo
Maio 18, 2019, 19:22:13
Ol√°! Boa leitura e boa escrita para todos!
Maio 01, 2019, 17:26:47
Boa escrita e boa leitura para todos!
Março 30, 2019, 10:37:35
Boas leituras e boas escritas para todos!
Janeiro 27, 2019, 19:36:43
Boa noite feliz para todos.
Janeiro 11, 2019, 09:21:27
Ol√° para todos!
Dezembro 24, 2018, 21:55:27
Boas Festas.
Novembro 03, 2018, 14:19:38
Claro que sim, Mateus. Vamos lá puxar pelos neurónios?
Novembro 01, 2018, 18:36:27
Ol√° para todos!
Novembro 01, 2018, 15:51:21
A ideia com que fiquei em conversas, era a de que se pretendia fazer, uma sequela do "esfaqueador". Agora estou baralhado.
Outubro 31, 2018, 18:31:48
Temos um tópico em aberto "sem título". Podem entrar. A ideia é fazer algo ao jeito do Esfaqueador da Régua. Estão convidados!
Setembro 12, 2018, 14:34:00
Esfaqueador da Régua, aqui nascido, terá o seu lançamento na Feira do livro do Porto, dia 21 de Setembro.
Julho 04, 2018, 13:54:05
Bom dia.
Powered by MySQL 5 Powered by PHP 5 CSS Valid
Powered by SMF 1.1.20 | SMF © 2006-2007, Simple Machines
TinyPortal v0.9.8 © Bloc
Página criada em 0.131 segundos com 29 procedimentos.